Sistema de Lupa activo | Voltar vista normal
Portugal 

Ana Paula Vitorino vai China com 39 empresas da economia do mar

A Ministra do Mar do governo português, Ana Paula Vitorino, vai à China, entre os dias 28 de Outubro e 4 de Novembro, liderando uma comitiva com 39 empresas portuguesas que abrange, para além dos grandes portos nacionais, representantes das principais indústrias portuguesas da economia do mar.

A governante pretende que "os portugueses e a economia nacional aproveitem as oportunidades de negócio proporcionadas pela Nova Rota da Seda Marítima, iniciativa de comércio global promovida pela China e uma das suas actuais principais prioridades de política externa", afirma um comunicado do Ministério do Mar.

A deslocação integra-se na divulgação da Estratégia para o Aumento da Competitividade Portuária, apresentada em Dezembro de 2016, que contempla, entre outros, novos projectos de grande dimensão (novo Terminal de Contentores de Sines, Vasco da Gama, Novo Terminal Multimodal do Barreiro, novo terminal do Porto de Leixões) maioritariamente de investimento privado, fundamentais para aumentar a capacidade dos portos nacionais.

Seminários para cooperação portuária

A deslocação contempla também a realização de dois seminários de alto nível em Pequim e Xangai dedicados à criação de um quadro de cooperação portuária e empresarial entre Portugal e China no âmbito da Nova Rota da Seda Marítima. Neste sentido, estão ainda previstas a realização de duas sessões b2b em Pequim e Xangai, focadas na construção de oportunidades de negócio entre a comitiva empresarial portuguesa e as 86 empresas chinesas participantes, provenientes dos mais diversos sectores da economia do mar. A Ministra do Mar terá ainda oportunidade de se reunir com os responsáveis máximos da administração do China Development Bank e do Bank of China.

Para além da cooperação portuária, outro dos objectivos desta missão é a dinamização da cooperação entre Portugal e a China no âmbito da Economia Azul Sustentável - será assinado um plano de acção colaborativo centrado na recuperação dos ecossistemas marinhos e combate ao lixo marinho, no cumprimento do protocolo estabelecido entre o Ministério do Mar e o ministro responsável pela State Oceanic Administration.

fonte