Início > Artigo > Chefes de Estado africanos vão debater segurança no Golfo da Guiné



PIRATARIA MARÍTIMA NO CENTRO DAS ATENÇÕES

Chefes de Estado africanos vão debater segurança no Golfo da Guiné


Os chefes de Estado africanos da África Central, Ocidental e do Golfo da Guiné vão debater em cimeira a segurança da região em Abril de 2013, anunciou, em São Tomé, o secretário-geral da Comissão do Golfo da Guiné (CGG), o ex-presidente santomense Miguel Trovoada (na foto).

Durante a cimeira, os presidentes africanos vão abordar, entre outros assuntos, a pirataria marítima e o roubo no alto mar, actos que ensombram o desenvolvimento económico dos países-membros do Golfo da Guiné.

Miguel Trovoada anunciou a realização da cimeira de que ainda se desconhece o país acolhedor no termo de um encontro com o chefe do Estado santomense, Manuel Pinto da Costa.

O secretário-geral da Comissão do Golfo da Guiné com sede em Angola disse à imprensa que, na cimeira a ser organizada com a colaboração do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) e União Africana (UA), vão estar presentes chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental).

Miguel Trovoada garantiu que, em abril de 2013, os países-membros da organização irão fazer a avaliação do cumprimento das recomendações saídas do anterior encontro de Libreville.

O encontro entre Miguel Trovoada e Manuel Pinto da Costa serviu, segundo ele, para conversar sobre a situação política nacional, que, no seu ponto de vista, acusa algumas perturbações que podem culminar em crise.

fonte




Data: 2012-11-13

Artigos relacionados:

  • Governo aprova adesão ao código de conduta sobre repressão da pirataria
  • Moçambique pretende maior cooperação com o Quénia no combate à pirataria marítima
  • Ataques cíclicos e imprevisíveis ao largo da Nigéria
  • Navio de guerra britânico atraca em Luanda
  • Ataques no Médio Oriente diminuem mas cresce número de tripulantes mortos
  • Marinha Portuguesa em acção de cooperação nas Seychelles
  • Moçambique, África do Sul e Tanzânia coordenam combate à pirataria no canal
  • Avança plano para combate à pirataria
  • Mar somali com fragata da Bélgica
  • Missão europeia «Atlanta» poderá realizar ataques em território somali
  • Evolução da actividade da pirataria somali
  • Pirataria marítima: Só os EUA e a França a podem combater
  • Ataques piratas caíram 80% no último trimestre de 2011
  • Moçambique, África do sul e Tanzânia reforçam fiscalização e combate à pirataria marítima
  • Holanda coloca Segurança Militar a bordo do navio do Programa Mundial de Alimentação
  • Conselho de Segurança defende apoios para criação de tribunais para piratas somalis
  • Somalia Report
  • São Tomé e Príncipe reactiva guarda costeira

  •  Vídeo

    Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

      Portos do Brasil - NEWS

     Portos de Cabo Verde – News

     Portos de Moçambique – News

     Portos de Angola – News

     Portos de Portugal – News

     XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

     XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

     Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

     Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)