Início > Artigo > Ilha a Ilha a crescer com Cabo Verde



ENAPOR - 30 ANOS

Ilha a Ilha a crescer com Cabo Verde


Comemorou-se a 1 de Setembro o 30.º aniversário da ENAPOR. Para celebrar tão importante data foi realizado um Jantar de Gala no Hotel Porto Grande. A cerimónia foi presidida pelo Secretário de Estados de Negócios Estrangeiros, José Luís Rocha e contou com a presença do Presidente da Câmara de S.Vicente, Augusto Neves, diversos convidados representantes de instituições, bem como de colaboradores da empresa.

O evento decoreu num clima de cordialidade e camaradagem e serviu para firmar ainda mais os laços existentes entre colaboradores, clientes e amigos daquela que é hoje uma das maiores empresas do tecido empresarial Cabo-verdiano. Relembrando um pouco da história da empresa, a ENAPOR, S.A foi criada a 1 de Setembro de 1982, herdando o ) espólio material e imaterial da ex-Junta Autónoma dos Portos de Cabo Verde (Japa).

A ENAPOR foi concebida para melhorar toda a estrutura organizacional da gestão portuária cabo-verdiana. O objecti­vo foi responder melhor às exigências im­postas pela dinâmica do desenvolvimento de Cabo Verde e pela conjuntura dos mer­cados portuários e dos transportes interna­cionais. À data do surgimento da empresa, exis­tiam apenas os portos acostáveis de longo curso: Porto Grande, Porto Novo, Porto de Vale dos Cavaleiros (em ruína) e o Porto da Praia, em condições precárias. Os res­tantes portos não passavam de desembar­cadouros onde se operava com o primiti­vismo inerente às condições terrenas, com ausência total de apoios mecânicos.

Con­tava-se apenas com o rudimentar auxílio das lanchas a remos e paus de carga, que operavam em função das condições do mar e do tempo, aliados ao esforço físico dos catraeiros e dos estivadores de terra. Esta realidade provocava, obviamente, avulta­dos prejuízos materiais, muitas das vezes irrecuperáveis. Do início da sua criação ao presente momento, a ENAPOR tem evoluído no mercado apostando na materialização dos diferentes objectivos traçados em cada fase da sua existência, que sempre se consubs­tanciaram na satisfação dos clientes, atra­vés da prestação de um serviço de quali­dade. Jogando um papel extremamente im­portante no contexto da economia do país, a ENAPOR tem-se revelado uma parceira essencial para o comércio externo e interno de Cabo Verde.

Para um país arquipelágico, os portos desempenham, obviamente, um papel cru­cial para a sua economia, na medida em que a maior parte dos produtos para consu­mo das populações é transportado por via marítima. Os comércios externo e interno de Cabo Verde conheceram uma evolução positiva com reflexos directos no tráfego portuário, o que tem obrigado a ENAPOR a adequar as suas infra-estruturas à procu­ra. Consciente da fragilidade e incipiência dos tráfegos dos portos localizados nas ilhas de menor expressão económica, a ENAPOR tem sabido materializar as direc­tivas dos diferentes Governos, adoptando para esses portos uma gestão que contri­bua para o equilíbrio do sistema portuário.

Essa estratégia, não obstante as limitações dos recursos disponíveis, tem dado os seus frutos tanto para a estabilidade financeira da empresa como para o dinamismo da economia nacional. Sendo a ENAPOR uma das empresas que mais colaboradores emprega em Cabo Verde, os Recursos Humanos são enca­rados numa perspectiva motivacional. A finalidade é a consecução dos objectivos preconizados, tendo sempre em vista o crescimento e desenvolvimento do país. Durante os últimos 30 anos, diversas mudanças se verificaram no país. Muitas aconteceram com o contributo daquela que é hoje uma das maiores empresas do teci­do empresarial cabo-verdiano, a ENAPOR, S.A.

ENAPOR – 30 anos

Ilha a Ilha a crescer com Cabo Verde




Data: 2012-10-07

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012