Início > Artigo > Rota marítima Cabo Verde-Ceará inaugurada em Outubro



Rota marítima Cabo Verde-Ceará inaugurada em Outubro


Brasil e Cabo Verde poderão celebrar novos negócios a partir de Outubro, com a inauguração da rota marítima e comercial que ligará o Ceará ao nosso país. Com esta linha, o tempo de trânsito entre aquele estado brasileiro e Cabo Verde cairá para mais de metade, abrindo as portas para o incremento das trocas comerciais entre as duas margens do Atlântico. As autoridades nacionais – Cabo Verde Investimentos e Câmaras do Comércio - conhecem o projecto, mas não confirmam a data do início das operações. Já o embaixador do Brasil no arquipélago limita-se a dizer que o processo “avança bem”.

 

João Padilha está optimista porque, afirma, o projecto de ligação marítima entre Cabo Verde e Brasil está bastante avançado. Este é, aliás, um dos assuntos que estará em cima da mesa na reunião agendada para depois das férias de Verão, em que as autoridades cabo-verdianas e a Embaixada do Brasil na Praia irão discutir todas as oportunidades de investimento que o nosso país apresenta para os empresários brasileiros.

No encontro que será promovido em parceria com o Ministério das Relações Exteriores “vamos reflectir junto com as autoridades cabo-verdianas sobre os motivos por que as oportunidades que o país apresenta não são bem aproveitadas pelos empresários brasileiros”, diz Padilha, para quem é preciso “descobrir o que inibe estes operadores. Iremos ouvir os diferentes sectores, incluindo os privados que já cooperaram ou tiveram ligações com os seus pares do Brasil”.

Em relação à linha marítima que será inaugurada em Outubro, de acordo com o site http://portosenavios.com.br, já estão duas companhias de navegação europeias de médio porte a disputar a rota. Roberto Marinho, secretário-executivo da Câmara do Comércio Exterior do Ceará (CCE), explica que optaram por contratar empresas de médio porte porque o volume de cargas, pelo menos na primeira fase, não será muito grande.

A expectativa do Brasil é, a partir de Cabo Verde, poder enviar os seus produtos para a África do Sul, Angola, Guiné-Bissau, Senegal, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Daí ainda estarem em discussão duas possíveis rotas, sendo uma Cabo Verde-Ceará-Cabo Verde e a outra Espanha-Portugal-Cabo Verde-Ceará.
Marcas Ceará

Uma das marcas cearenses que já acredita na viabilização da rota comercial para Cabo Verde é a Pomar da Polpa. “Temos potencial para exportar oito a dez toneladas por mês. Segundo as nossas estimativas, em um ano podemos chegar a 20 toneladas mensais. Já foram feitos contactos com importadores, inclusive um dos compradores montou uma distribuidora para receber e distribuir a polpa de fruta em Cabo Verde”, afirma o director comercial da Pomar, Mário Maio.

A cooperação entre o Ceará e Cabo Verde tem o Sebrae-CE como principal impulsionador, entidade que está empenhada em fortalecer a parceria comercial entre o Brasil e alguns países africanos, afirma a responsável de Acesso a Mercados, Mónica Tomé. “Faz três anos que trabalhamos em cooperação com as entidades de Cabo Verde, para estimular uma relação bilateral. Tendo em conta o facto de alguns produtos que vão ser exportados serem perecíveis, o transporte marítimo não pode ser superior a 10 dias”.

fonte
 




Data: 2012-09-11

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012