Início > Artigo > Porto de Santos - SEP inicia quinta obra



MUNDIAL DE FUTEBOL NO BRASIL

Porto de Santos - SEP inicia quinta obra


O Ministro dos Portos, Leônidas Cristino, anunciou a 31 de Agosto a assinatura da Ordem de Serviço para a construção e adequação para alinhamento do cais de Outeirinhos, no Porto de Santos. Essa obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-Copa), no valor de R$ 287,2 milhões, investidos por meio da Secretaria de Portos.

Esse início abrange a execução da primeira fase do empreendimento, dividida em 4 trechos (1,2,3 e 4) em uma extensão de 780 metros, do cais da Marinha até o Terminal de Passageiros. De acordo com a SEP a conclusão deverá ser em aproximadamente 16 meses. O novo espaço permitirá a atracação simultânea de até 6 navios de cruzeiros, disponibilizando 15,4 mil leitos de alta qualidade a bordo dessas embarcações.


A construção e adequação para alinhamento do cais de Outeirinhos é uma das iniciativas de vital importância para o desenvolvimento do Porto de Santos, principalmente, no setor de atendimento à passageiros. Essa obra colocará Santos, em médio prazo, em evidência, como um dos portos de maior movimentação de passageiros do mundo. A obra agregará, também, maior estrutura de atendimento à demanda por leitos na região durante a realização da Copa do Mundo.

Com o alinhamento do cais, as profundidades passam do mínimo de 4,5 metros no trecho defronte às instalações da Marinha do Brasil e de 7,5 metros no cais do Terminal de Passageiros para 15 metros, permitindo a atracação de navios de maior porte. Os serviços deverão gerar cerca de 350 empregos diretos.

Os serviços serão realizados pelo Consórcio Serveng/Constremac/Constran e estão divididos em duas fases, com um total de 7 trechos, com execução estrategicamente prevista para não comprometer a operacionalidade nessa área.

O escopo das obras compreende o fornecimento dos materiais, mão-de-obra e equipamentos, necessários à construção e adequação para alinhamento do cais de Outeirinhos, envolvendo os serviços de execução de píer e ponte de acesso; ampliação do cais existente para sua readequação e alinhamento; instalação de novas redes de utilidades, como água potável, incêndio, drenagem de águas pluviais, energia elétrica e iluminação pública; e instalação de equipamentos complementares (defensas e cabeços).
 




Data: 2012-09-04

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)