Início > Artigo > Auroras boreais têm «banda sonora»



OUÇA AQUI OS SONS

Auroras boreais têm «banda sonora»


As lendas e os contos tradicionais das zonas polares referem muitas vezes os estranhos sons provocados pelas auroras boreais. Esses ruídos, considerados produtos da imaginação popular, foram recentemente registados por investigadores da Universidade de Aalto, Finlândia (ver vídeo). Estes, localizaram a sua origem, revelando que se formam, aproximadamente, a 70 metros a nível do solo, durante o aparecimento das auroras.

Os investigadores localizaram as fontes de som através da instalação de três microfones no sítio da observação. Depois, compararam os ruídos captados pelos três e determinaram a fonte do som. As medições simultâneas das perturbações geomagnéticas realizadas pelo Instituto Meteorológico Finlandês mostraram um padrão típico das luzes do norte.

“Durante uma aurora boreal, é possível escutar os sons naturais do fenómeno. Antes, pensava-se que as auroras estavam demasiado distantes para que o som pudesse ser percepcionado. Isso não é errado. No entanto, a fonte do som está associada, provavelmente, às mesmas partículas energéticas, procedentes do Sol, que criam as luzes. Estas partículas ou a perturbação geomagnética produzida por elas cria um som muito mais próximo do chão”, explica o professor Unto K. Laine, da Universidade de Aalto.

Os pormenores sobre como as auroras criam estes barulhos continua a ser um mistério. Os sons não se produzem com regularidade quando as luzes aparecem. Podem ser semelhantes a rangidos ou explosões surdas que duram apenas um curto período de tempo.

Outras pessoas que os escutaram descreveram-nos como um crepitar distante. São muito suaves, sendo necessário escutar com muita atenção para os distinguir do ruído do ambiente envolvente. Devido a estas descrições, os investigadores suspeitam que há vários mecanismos por detrás da formação destes sons.
  fonte





Data: 2012-07-15

Artigos relacionados:

  • Descoberta da península do Alasca
  • Os melhores lugares para assistir às luzes da aurora boreal

  •  Vídeo

    Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

     “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

     VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

     Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

     Mindelo e São Vicente com muita morabeza

     Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

     Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

     Porto de Luanda - 1955

     Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)