Início > Artigo > Japão cria o primeiro navio híbrido do mundo



EMERALD ACE

Japão cria o primeiro navio híbrido do mundo


Buscando reconquistar o mercado de transportes marítimos, atualmente dominado pelas vizinhas Coreia do Sul e China, o Japão anunciou o lançamento do Emerald Ace, o primeiro navio híbrido do mundo. Utilizando energia elétrica e solar, ele tem “consciência ambiental” e não produz emissão de carbono enquanto está atracado.

Desenvolvido pela Kobe Shipyard, o modelo foi apresentado em março e tem 200 metros de comprimento por 36 de largura, pesando mais de 60 mil toneladas. O navio, que tem 12 andares, é capaz de transportar 6400 carros, a uma velocidade máxima de 20 nós, atingida com o uso dos motores a diesel. O andar mais alto é reservado para os 768 painéis solares da Panasonic, que fazem a captação da energia vinda do Sol.

MAIS DETALHES




Data: 2012-07-03

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)