Início > Artigo > Ministro angolano destaca cooperação brasileira para extensão da plataforma marítima



Ministro angolano destaca cooperação brasileira para extensão da plataforma marítima


O ministro angolano da Defesa, Cândido Van-Dúnem, disse ser imprescindível a cooperação técnica entre Angola e Brasil para o processo de extensão da plataforma marítima angolana.

Cândido Van-Dúnem discursava na abertura de um seminário de capacitação dos técnicos da Comissão Interministerial para a Delimitação e Demarcação dos Espaços Marítimos de Angola (CIDDEMA).

Lembrou que, ao abrigo do acordo de cooperação no domínio da Defesa entre os dois países, foi celebrado na cidade do Rio de Janeiro, em Abril de 2011, um Memorando de Entendimento Técnico e um contrato de assistência técnica com o Ministério da Defesa brasileiro.

O ministro lembrou que foi celebrado um contrato onde se prevê a realização de vários seminários de capacitação, bem como estabelecidas as modalidades de cooperação institucional para a extensão da plataforma continental angolana.

“Daí a realização deste primeiro seminário que versará sobre o levantamento da extensão da plataforma angolana e dará uma visão dos vários cenários possíveis para a efectivação deste levantamento, o que permitirá a escolha do cenário adequado à realidade angolana”, sublinhou o ministro.

Salientou ainda que, no quadro da estratégica do Executivo angolano, foi criada a CIDDEMA, com objectivo de dinamizar a actividade de coordenação e execução dos estudos e projectos para a delimitação das fronteiras marítimas ao norte e para a extensão da plataforma continental.

Com a contribuição dos técnicos brasileiros, referiu, pretende-se potenciar contínua e sistematicamente os técnicos do sector, para que possam melhorar cada vez mais o seu desempenho e competência profissionais.

O seminário de capacitação dos técnicos da Comissão Interministerial para a Delimitação e Demarcação dos Espaços Marítimos de Angola visou ao aprofundamento dos conhecimentos para aplicação dos parâmetros da Lei do Mar e para a escolha de cenários de ganhos territoriais.

Estiveram presentes membros do governo angolano, a secretária do Presidente da República para os Assuntos Jurídicos, Florbela Araújo, generais, entre outros oficiais superiores. 

fonte




Data: 2012-03-26

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)