Início > Artigo > Ambientalistas de Cabo Verde concordam com projecto das microalgas mas pedem cautelas



RECURSOS MARINHOS

Ambientalistas de Cabo Verde concordam com projecto das microalgas mas pedem cautelas


Governo anunciou o início da exploração industrial de microalgas destinadas à exportação.

O biólogo Tomy Melo encara com tranquilidade a decisão da tutela e aplaude a aposta numa prática que é seguida "em várias partes do mundo, com resultados muito bons".

O responsável da Biosfera, associação ambientalista com sede no Mindelo, não deixa, contudo, de fazer um alerta. Melo espera que as espécies de microalgas que vão ser exploradas já existam no ecossistema.

"Se a espécie for daqui, a poluição genética deixa de existir. Se for uma espécie estrangeira é preciso ter outros cuidados, para que não haja uma poluição genética, o que pode originar um desequilíbrio no ecossistema", adverte.

"Não é nenhum bicho-de-sete-cabeças", acredita o biólogo.

Projecto das microalgas

A Universidade de Algarve lançou uma parceria com o Governo de Cabo Verde para o cultivo de microalgas.

O secretário de Estado dos Recursos Marinhos de Cabo Verde, Adalberto Vieira, indicou que além do betacaroteno serão cultivadas outras microalgas, com a ambição de conquistar o mercado mundial.

"Queremos não só passar a cultivar as microalgas que podem providenciar a extracção de betacaroteno, mas também aproveitar outras que possam eventualmente ser cultivadas em Cabo Verde, indo ao encontro da estratégia de explorar tudo que o mar nos pode oferecer de uma forma sustentável", explicou o governante.

O projecto tem um custo não superior a 20 mil contos numa primeira fase.

Inicialmente, as unidades de cultivo de microalgas serão instaladas nas ilhas de Santiago e São Vicente.

fonte




Data: 2012-02-15

Artigos relacionados:

  • Cabo Verde tem condições excepcionais para o cultivo de microalgas
  • Algas podem ser alternativa ao carvão e petróleo

  •  Vídeo

    Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

     “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

     VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

     Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

     Mindelo e São Vicente com muita morabeza

     Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

     Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

     Porto de Luanda - 1955

     Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)