Início > Artigo > Fortaleza recebe Porto Sem Papel



BRASIL

Fortaleza recebe Porto Sem Papel


A partir do corrente mês de Março, o Porto de Fortaleza, no Mucuripe, começa a receber o projecto Porto Sem Papel, que visa desburocratizar as acções do sector portuário no Brasil, que já foi implementado em outros complexos brasileiros e, de acordo com a SEP (Secretaria Especial dos Portos), deverá ter sido implantado nos 34 portos marítimos brasileiros até ao final deste ano.

O programa, da SEP, é considerado o principal meio de agilização do trâmite de informações no Sistema Portuário Brasileiro. Por meio dele, serão concentradas as informações enviadas pelas agências marítimas, de forma eletrônica.

fonte




Data: 2012-01-10

Artigos relacionados:

  • Porto Sem Papel e Carga Inteligente em debate no ITS 2011

  •  Vídeo

    Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

      Portos do Brasil - NEWS

     Portos de Cabo Verde – News

     Portos de Moçambique – News

     Portos de Angola – News

     Portos de Portugal – News

     XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

     XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

     Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

     Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

     XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)