Início > Artigo > Porto de águas profundas será construído na localidade de Caio



CABINDA | ANGOLA

Porto de águas profundas será construído na localidade de Caio


A localidade do Caio litoral foi escolhida pelo executivo central angolano para a construção do futuro Porto de águas profundas em Cabinda, revelou este sábado, dia 22 de Outubro de 2011, nesta cidade, o titular da pasta dos transportes, Augusto da Silva Tomás.

Augusto da Silva Tomás, que esteve em visita de trabalho à província de Cabinda por algumas horas, ao falar à imprensa sobre a construção do futuro porto de águas profundas em Cabinda, avançou terem sido realizados estudos diversos que confirmaram a zona como segura para a construção da infra-estrutura.

“Analisou-se vários atractivos que existiam na região e ao longo de toda a costa de Cabinda e a proposta foi a localidade de Caio para a implantação do futuro Porto de águas profundas ,‘’disse.

Instado a debruçar-se sobre a data do arranque das obras, Augusto Tomás disse que com base nos estudos de viabilidade técnica e de âmbito financeiro levado a cabo submeteu-se ao executivo central, e actualmente os estudos se encontram na fase conclusiva.

Garantiu que dentro de três meses terminam os estudos, devendo a partir desta data haver procedimentos legais em termos de metodologias de investimentos, aprovação pelos órgãos competentes e sua apreciação na observância dos aspectos legais para a fase de execução do projecto.

"Estamos no bom caminho e poderemos realizar num futuro próximo o sonho dos habitantes desta região. O porto novo será construído tendo como suporte a Nova Ponte Cais que nas próximas oito ou 12 semanas estará concluída e assim teremos a combinação dos três ramos fundamentais que tange a mobilidade a logística e os transportes na província.

O ministro dos Transportes realçou ainda que com estes projectos os esforços do executivo central vão dando passos seguros rumo à criação de condições objectivas e subjectivas fundamentais para a melhoria da qualidade de vida do povo.

Durante a sua estada de algumas horas em Cabinda, o ministro dos Transportes visitou as obras da Nova Ponte Cais, onde constatou o seu andamento, tendo se manifestado satisfeito pelos trabalhos que se encontram já na fase final.

Augusto Tomás recebeu informações sobre a parte do pontão de atracagem dos navios, que está por ser montado e que já se encontra ao lango da costa de Cabinda, bem como dos trabalhos de dragagem na zona de manobras e do canal de entrada dos navios até à ponte Cais, que deverá iniciar brevemente.

FONTE: ANGOP

LEIA TAMBÉM
 




Data: 2011-10-22

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012