Início > Artigo > Porto de Maputo manuseia mais de 18 milhões de toneladas de carga em 2020



MOÇAMBIQUE

Porto de Maputo manuseia mais de 18 milhões de toneladas de carga em 2020


O Porto de Maputo manuseou um volume de mais de 18 milhões toneladas de carga no ano passado, contra 21 milhões toneladas em 2019, uma queda de 14,3%, que se deve, em parte, ao impacto da Covid-19, bem como às medidas restritivas para travar a propagação da pandemia em Moçambique e nos países da região Austral de África.

A informação foi tornada pública, em Maputo, pelo ministro dos Transportes e Comunicações, Janfar Abdulai, no Fórum de Promoção da Evolução dos Transportes em Moçambique, evento em formato virtual que juntou mais de 300 participantes de 20 países, incluindo gestores de infra-estruturas portuárias, provedores de serviços de transportes, de armazenamento e desembaraço de mercadorias, e utilizadores logísticos dos Corredores de Desenvolvimento.

“No Corredor de Maputo, alegram-nos os recordes de crescimento do manuseamento portuário que temos vindo a registar. No ano passado, não obstante o contexto de restrições devido a Covid-19, o Porto de Maputo logrou manusear mais de 18 milhões de toneladas”, disse.

De acordo com o ministro, os resultados do Porto de Maputo reflectem os investimentos massivos que o governo tem vindo a realizar nos Corredores de Maputo, Beira e Nacala, concretamente na componente da dragagem, ampliação da capacidade de manuseamento portuária e escoamento de mercadoria ferroviária, através da construção de novas infra-estruturas.

“Apostamos na reabilitação e modernização dos portos, bem como a aquisição dos guindastes, carruagens, vagões e locomotivas, e isso atesta esse comprometimento de Moçambique no cumprimento do seu papel na logística da região”, afirmou.

Na componente ferroviária, o governante destacou o trabalho realizado na concepção e construção do Terminal Aduaneiro de Ressano Garcia, que deverá estar operacional brevemente, com um grande impacto no crescimento de carga ferroviária transportada e manuseada no Porto de Maputo, reduzindo o fluxo de camiões que causam congestionamentos ao longo da Estrada Nacional Número 4 (EN4).

Abdulai aproveitou a ocasião para convidar o sector privado a se juntar aos esforços do governo para o desenvolvimento de infra-estruturas de transportes, através do investimento directo estrangeiro, explorando os mecanismos estabelecidos no país.


 



Data: 2021-07-24

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família