Início > Artigo > Portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí recebem visita de representantes do MInfra e da MRS



BRASIL

Portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí recebem visita de representantes do MInfra e da MRS


Representantes da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura (SNTT/MInfra) e da operadora logística MRS, que administra uma malha ferroviária nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, visitaram os Portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí nos últimos dias 14 e 15, respectivamente. O objetivo foi tratar, com os diretores e gestores da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), e com os representantes da SNTT/MInfra, das melhorias na infraestrutura ferroviária de acesso aos portos.

Segundo o diretor de Negócios e Sustentabilidade da Docas do Rio, Jean Paulo Castro e Silva, a visita da comitiva da MRS e da SNTT/MInfra aos portos administrados pela Docas do Rio insere-se no contexto do reconhecimento em campo dos investimentos propostos pela MRS no processo de renovação da concessão da rede ferroviária operada por ela: “O conjunto de projetos propostos pela concessionária visam aumentar a eficiência das operações logísticas pelo modal ferroviário e oferecer maior segurança nas travessias urbanas, trazendo ganhos de competitividade e sustentabilidade para os usuários.”

O diretor Jean Paulo explicou ainda que, “como a chegada aos portos é a última milha dos principais trechos da rede ferroviária, os investimentos propostos são fundamentais para garantir que o final do percurso não se torne um gargalo operacional, mitigando os potenciais ganhos dos demais investimentos a serem realizados ao longo da malha. Por isso, a Docas do Rio considera que os projetos propostos pela MRS nos portos administrados pela companhia são de grande interesse público”.

Depois de realizar uma apresentação dos projetos em seu escritório para os representantes da SNTT/MInfra e da Docas do Rio, a comitiva da MRS visitou as áreas do Porto do Rio de Janeiro onde estão sendo propostas obras de melhoria e expansão da infraestrutura ferroviária, assim como todo o contexto logístico e operacional. No Porto de Itaguaí, os visitantes assistiram a uma apresentação relativa às linhas que atendem aos terminais arrendados e às necessidades de realização de investimento para melhorar a performance operacional dos terminais do Porto de Itaguaí.

Nos dois encontros, por parte da Docas do Rio, estiveram presentes o diretor-presidente, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira; o diretor de Gestão Portuária, Mário Povia; o diretor de Negócios e Sustentabilidade, Jean Paulo Castro e Silva; além dos superintendentes dos portos, dos gerentes de Acesso Terrestre e de especialistas da área de Planejamento. No Porto do Rio de Janeiro, também participaram o diretor administrativo-financeiro da Autoridade Portuária, Indalecio Alvarez, além de gestores que atuam nas áreas de Engenharia e da Guarda Portuária. A MRS esteve representada por uma equipe composta por diretores, gerentes e funcionários. Dos integrantes do MInfra, participaram Thiago Douglas Alvarenga Camelo e Álvaro Simões da Conceição Neto.

No início deste mês de junho, a MRS divulgou um recorde diário, que bateu a marca de 640,3 mil toneladas transportadas, considerando as diversas cargas de clientes. Para o diretor-presidente da Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, “os grandes volumes de cargas transportadas pelas ferrovias mostram o tamanho da importância deste modal para a infraestrutura portuária, especialmente para o escoamento em longas distâncias, e a busca pela melhoria e pelo crescimento necessita dos investimentos previstos”.
 


 



Data: 2021-06-21

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012