Início > Artigo > Porto do Rio de Janeiro ganha moderna sinalização náutica no seu principal canal de acesso



BRASIL

Porto do Rio de Janeiro ganha moderna sinalização náutica no seu principal canal de acesso


As três bóias articuladas semissubmersíveis (BAS) da nova sinalização náutica do Canal de Cotunduba, principal acesso aquaviário ao Porto do Rio de Janeiro para navios de grande porte, já se encontram. As informações foram divulgadas pela Companhia Docas do Rio de Janeiro, que desenvolveu o projeto ao longo dos últimos meses em parceria com a Marinha do Brasil (MB), a Praticagem e as empresas arrendatárias dos terminais de contêineres do porto.

Com essa melhoria, o Canal de Cotunduba, também conhecido como “Canal Varrido”, dada sua característica de profundidade natural mais elevada, terá uma navegação mais segura e eficiente das embarcações, especialmente no período noturno, viabilizando assim as operações de carga e descarga durante a noite. Além de gerar mais dinamismo e rentabilidade para os terminais conteineiros, os especialistas acreditam que o novo balizamento, com a tecnologia de transceptores AIS AtoN, promoverão maior precisão na delimitação do canal, o que diminui o risco de acidentes, além da redução dos custos de manutenção.

Segundo o Gestor de VTMIS (Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações) do Porto do Rio de Janeiro, Marcelo Villas-Bôas, “o próximo passo é iniciar o “ramp up” das manobras noturnas de navios conteineiros, a partir do próximo dia 20 de abril”. “Ramp up” é o processo de transição de um porto para receber navios de maior porte de forma progressiva, com manobras experimentais. Com isso, a previsão é que o Canal esteja operacional ainda neste primeiro semestre de 2020.

Para o diretor-presidente da CDRJ, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, o fundeio das novas boias mostra que, mesmo com a adversidade atual, o cronograma inicial está sendo cumprido: “Apesar de todas as dificuldades, a equipe liderada pela CDRJ não se entregou e seguiu em frente para que o Porto do Rio de Janeiro tenha melhores condições de acesso aquaviário.”

A melhoria da sinalização do acesso aquaviário faz parte de um conjunto de medidas que estão sendo estudadas e executadas por um Grupo de Trabalho no intuito de aumentar eficiência ao uso dos canais de navegação da Baía de Guanabara, incrementar a segurança de navegação, além de trazer benefícios econômicos aos usuários, pois será possível otimizar o carregamento nos navios mercantes, reduzir a sobrestada das embarcações e maximizar as janelas de entradas e saídas no porto.
 


 



Data: 2020-04-01

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012