Início > Artigo > Porto de Luanda fixa placas para desencorajar corrupção



ANGOLA

Porto de Luanda fixa placas para desencorajar corrupção


O coordenador adjunto da sustentabilidade da Empresa Portuária de Luanda, Domingos Raiva Canguenzi, anunciou que a sua organização vai fixar, dentro das secções, placas com dizeres que visam combater práticas de corrupção.

 

O gestor fez essas declarações à Angop, à margem do Workshop sobre” A responsabilidade social das empresas na luta pela sua integridade, na prevenção e no combate à corrupção, por uma Angola sustentável”.

Segundo o responsável, a ética e a sustentabilidade empresarial podem prevenir a corrupção, por estabelecer mecanismos de controlo e prevenção de comportamentos indesejados dentro das organizações.

A ética e a sustentabilidade, enfatizou o entrevistado, incentivam o apetite ao risco e à tomada de decisões de curto prazo que podem trazer ganhos significativos no presente, servindo como modelo vigente no processo decisório empresarial.

Para si, as organizações devem pautar por tais atitudes para minimizar desvios de conduta, mas ainda precisam trabalhar questões internas relacionadas à própria cultura organizacional, com o intuito de estimular políticas que mirem um horizonte mais longínquo para os negócios.

Referindo-se aos órgãos de combate à corrupção e similares, Domingos Raiva Canguenzi, referiu que no processo de combate à corrupção, o Ministério Público, e todos os outros órgãos intervenientes, devem ser dotados de recursos humanos capazes.

Em relação à vertente internacional, frisou que apesar de o país não ter atingido ainda lugares decentes na avaliação nos Índices de Percepção da Corrupção, é notória a mudança de percepção que a comunidade internacional tem das condições para investir e fazer negócios em Angola.

Para se ter uma ideia da abrangência da corrupção no país, o interlocutor, lembrou que Angola ocupa, no universo dos 180 países avaliados pela organização Transparência Internacional em 2017, o 165º lugar. Ao nível da SADC, ocupa o último dos 15 países da região.

O workshop decorreu no âmbito do Dia internacional do Combate à Corrupção, assinalado a 9 de Dezembro.
 


 



Data: 2019-12-20

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012