Início > Artigo > Regaleco, o peixe gigante que inspira histórias sobre monstros marinhos



Regaleco, o peixe gigante que inspira histórias sobre monstros marinhos


Conhecido popularmente como Regaleco ou peixe-remo e cientificamente como Regalecus glesne, trata-se de um peixe raro que vive nas profundezas do oceano, podendo chegar até 12 metros de comprimento e 270 quilos.

O peixe, que não possui dentes e se alimenta de animais menores e de zoo plâncton, é citado no Guinness Book (O Livro dos Recordes) como sendo um dos maiores peixes vivos. O misterioso animal também possui um tipo de topete vermelho na cabeça cuja função permanece desconhecida.

Contudo, nem sempre o Regaleco foi um peixe conhecido. Até meados de 2001 não existiam registos desse animal vivo em qualquer parte do mundo, o que aumentava ainda mais as associações do peixe com um suposto monstro marinho. A primeira gravação que mostra o animal nadando foi registada no México, em 2008.

continue a ler aqui


 



Data: 2019-07-03

Artigos relacionados:

  • O Medo do Mar

  •  Vídeo

    Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

     “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

     VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

     Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

     Mindelo e São Vicente com muita morabeza

     Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

     Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

     Porto de Luanda - 1955

     Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)