Início > Artigo > Loxodrómia, sabe o que é?



Loxodrómia, sabe o que é?


Loxodrómia é a linha que, à superfície da Terra, faz um ângulo constante com todos os meridianos. Tal linha, cuja direcção geográfica, ou azimute, é constante com os meridianos é resultado do erro original quando se quer resumir num plano o que está distribuído em vários. Trata-se de uma linha recta que quando assente numa superficie esférica torsa (como o corte da casca de laranja) isso é com tendência para espiralar-se em direcção aos pólos. Este facto foi pela primeira vez reconhecido pelo matemático português Pedro Nunes, no Tratado em Defensam da Carta de Marear, incluído na sua obra O Tratado da Esfera, de 1537 .

Muito embora não constitua o caminho mais curto entre dois pontos, a Loxodrómia é o tipo de trajecto mais simples e normalmente empregue em mapas rodoviários ou marítimos desde que se avistem acidentes geográficos como referência. Seguir a loxodrómia é como seguir numa rua contornando as quadras.

A razão está no facto de a orientação dos navios e aeronaves se realizar com base nas cartas náuticas, fornecidas por projeções azimutais bússolas magnéticas e giroscópicas sobre as coordenadas deformadas, que atendem o sentido de orientação da terra plana.

O acréscimo de distância decorrente do emprego da loxodrómia, é normalmente desprezível em pequenos percursos, o que não acontece. em longos trajetos em torno do planeta, quando se pretende seguir a projeção de Mercator do início ao fim da derrota. O navegante que partir do Estreito de Magalhães em direção à Austrália, por exemplo, se desprezar a ortodrómia corre o risco de cumprir a derrota no mar do norte do Japão em vez de chegar ao sul, em águas da Nova Zelândia. Nestes casos, o trajecto planeado segundo a ortodrómia é decomposto em pequenos troços de loxodrómia e cada um dos quais com rumo corrigido até completar a jornada.

Na projecção de Mercator as loxodrómias são representadas por segmentos de recta.

fonte


 



Data: 2019-06-30

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012