Início > Artigo > Unidos pelo tráfico



VIAJANDO PELA HISTÓRIA DOS DESCOBRIMENTOS

Unidos pelo tráfico


Entre os anos 1600 e 1800, mais de 3,1 milhões de pessoas, só da região Centro-Ocidental de África, embarcaram rumo à escravidão nas Américas e em ilhas africanas como São Tomé. No entanto, a escravidão em África é bem anterior à presença dos europeus no continente. O reino do Congo, por exemplo, já usava mão de obra escrava para o serviço militar, administrativo e na agricultura antes da chegada dos portugueses, no início do século XVI.

A chegada dos lusitanos modificou e intensificou a prática, uma vez que Congo e Angola eram pontos estratégicos na transferência de escravos do interior para a costa. A aliança entre a nobreza congolesa e os portugueses rendeu bons frutos: ambos aumentaram seus lucros com o tráfico e conseguiram expulsar os “terríveis” Jagas,que ocuparam a capital entre 1568 e 1572. Além disso, a elite do Congo podia investir em lavouras em São Tomé, administrada pelos portugueses. Lá, os ricos congoleses casavam suas filhas com os portugueses residentes, fortalecendo ainda mais a aliança.

Os acordos com os europeus eram importantes para os africanos num cenário em que estes soberanos tinham dificuldade em consolidar seus domínios e manter centralizado seu território. Os lusitanos não eram os únicos com interesses na região, muito menos os únicos a fazer acordos. Os ingleses e holandeses também estavam por lá, e em 1640, com a ajuda da rainha Nzinga, expulsaram os portugueses de Luanda. Só que por pouco tempo.

Cristiane Nascimento

ARTIGO PUBLICADO ORIGINALMENTE NA REVISTA DE HISTÓRIA DA BIBLIOTECA NACIONAL (BRASIL)


 



Data: 2019-06-30

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família