Início > Artigo > Angola e Noruega dinamizam cooperação no domínio da economia azul



Angola e Noruega dinamizam cooperação no domínio da economia azul


Angola pretende estabelecer uma parceria sólida com o governo norueguês, para criar uma estratégia nacional em torno da exploração dos produtos marinhos, de modo a definir princípios para sua utilização e preservação, anunciou a ministra das Pescas e do Mar, Victória de Barros Neto.

 

A cooperação com a Noruega é fundamental para Angola, por tratar-se de um país com vasta experiência do domínio das pescas e exploração de petróleo, referiu Victória de Barros Neto à imprensa, à margem do encontro que manteve com a primeira-ministra noruguesa, Erna Solberg.

Com base na cooperação existente, a ministra anunciou que o navio de investigação marítima das águas angolanas, construído na Hollanda, chega nas próximas semanas ao País.

A embarcação permitirá a feitura de campanhas de investigação científica ao longo da costa angolana, com objectivo de estimar e estudar a abundância dos principais recursos pesqueiros e relacionar a sua dinâmica com a variabilidade ambiental.

Em 2017, as águas marítimas angolanas receberam o navio de pesquisa norueguês, Dr. Fridtjof Nansen, embarcação que realizou entre Setembro e Novembro daquele ano investigação ao longo da costa angolana.

Na altura, a ministra angolana destacou os resultados e as experiências obtidas na investigação do navio norueguês, pois seriam aplicadas e reflectidas no navio angolano, que chega em breve.

No encontro realizado hoje, em Luanda, com a primeira-ministra norueguesa, Victória de Barros ressaltou que, recentemente, foi criado no sector das Pescas a Direcção Nacional para os Assuntos do Mar, que muito deverá fazer no campo da exploração, utilização e preservação do mar e aproveitar a forte experiência da Noruega nessa área, para o país atingir novos rumos de desenvolvimento no sector.

“Vamos explorar a costa marítima com responsabilidade, para que as gerações vindouras possam tirar proveito dos recursos que ela oferece, com a finalidade de desenvolver, de modo sustentado, a “economia azul”.

Segundo a ministra, Angola e Noruega continuarão a fortalecer a cooperação em tais domínios, para que em 2019 possa colocar em carteira um novo projecto no domínio da investigação e gestão de pescas.

Além dos recursos pesqueiros, os dois países possuem também acordos de cooperação nas áreas dos petróleos, das energias renováveis e dos direitos humanos, sendo Angola o maior parceiro económico da Noruega em África

A cooperação entre Angola e o Reino da Noruega, no domínio das pescas, data de 1985, ano em que o primeiro navio realizou o primeiro cruzeiro na costa de África, incluindo Angola.
 


 



Data: 2018-12-10

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família