Início > Artigo > Marinha portuguesa e Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe retomam comunicações rádio interrompidas há mais de 40 anos



Marinha portuguesa e Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe retomam comunicações rádio interrompidas há mais de 40 anos


Realizou-se dia 26, às 13H45min, hora de Lisboa, a primeira comunicação radio-HF (High Frequency) em fonia, entre a Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe e a Marinha portuguesa, interrompida há mais de 40 anos.

Esta primeira comunicação, inserida no âmbito da missão de capacitação da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe, assinala o marco de funcionamento da estação de rádio “ALMADA NEGREIROS” da base operacional da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe. Esta capacidade constitui uma mais valia para a coordenação de meios de busca e salvamento marítimo e para a coordenação das missões de vigilância patrulha nas águas são-tomenses e da região do Golfo da Guiné.

Foi igualmente realizada a primeira mensagem em rádio teleimpressão, recebida na estação “ALMADA NEGREIROS” a partir do Centro de Operações Marítimas da Marinha (COMAR).

Relembra-se que o navio reabastecedor "Bérrio" e a patrulha “Zaire” partiram para São Tomé e Príncipe no passado dia 3 de janeiro. O “Bérrio” transportou a bordo diverso material e equipamentos que têm como objetivo principal capacitar e apoiar a Guarda Costeira de STP.

A equipa de instalação da Marinha Portuguesa concluiu na quinta-feira a montagem de duas antenas que permitem a partir de agora estabelecer comunicações rádio de voz cobrindo toda a Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe e comunicar diretamente para Portugal.

Simultaneamente, tem decorrido outras atividades levadas a cabo pela equipa de instalação do patrulha “Zaire”, nomeadamente a avaliação das condições de atracação no porto de Neves, na costa Norte da ilha, onde foram realizadas operações de mergulho, recolha de informação sobre as profundidades no local (sondagens), recolha de imagens e contactos com população local.
 


 



Data: 2018-01-29

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)