Início > Artigo > Aliança para o transporte marítimo não tripulado lançada na China



Aliança para o transporte marítimo não tripulado lançada na China


 Pode ter nascido a entidade que maior papel virá a desempenhar no desenvolvimento do transporte marítimo não tripulado de mercadorias. Desde logo, porque a nova aliança espera ter um navio pronto em 2021, capaz de ser a referência futura no sector.

Na China, um grupo de entidades industriais, sob a chefia da HNA Technology Logistics Group e da China Classification Society (CSS), lançou uma aliança para o desenvolvimento de navios de carga não tripulados, referiu o World Maritime News. Segundo o jornal, o primeiro navio deste tipo deverá ser entregue em 2021 e constituir o modelo para o futuro transporte marítimo de carga.

Com o apoio de peritos da ABS, DNV GL, Chinese ship and Marine Engineering Design Institute, Shanghai Marine Diesel Engine Research Institute, entre outros, a aliança deverá vir a ter forte influência na indústria.

Segundo o jornal, a aliança pretende vir a ser pioneira na adaptação do transporte marítimo e da construção naval a um novo contexto tecnológico e de mercado, e os seus responsáveis acreditam que existem boas perspectivas de aplicação de resultados a obter.

De acordo com o mesmo meio de comunicação, a aliança deverá convidar mais instituições científicas e de pesquisa técnica, indústrias e utilizadores finais para desenvolver uma cooperação nas áreas do transporte não tripulado de mercadorias, construção de navios e operações.

Na opinião de Li Weijian, Vice-Chairman da HNA Technology Logistics Group, citado pelo jornal, “a aliança para o transporte não tripulado de carga é não só o organizador e líder do desenvolvimento futuro do transporte marítimo, mas também fundador e facilitador de novas regras técnicas”.

Já a CSS considera que vai trabalhar em conjunto com a indústria para desenvolver o transporte não tripulado de carga e a pesquisa associada, estabelecer padrões de transporte marítimo não tripulado, promover a revisão das regulamentações e fornecer serviços de assistência, verificação e inspecção.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2017-07-20

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família