Início > Artigo > Universidade moçambicana e instituto francês assinam acordo no âmbito das ciências do mar



Universidade moçambicana e instituto francês assinam acordo no âmbito das ciências do mar


A Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e o Instituto Francês de Investigação para Exploração do Mar (IFREMER) assinaram um acordo de cooperação em actividades de pesquisa e investigação em ciências marinhas.

O entendimento vai permitir a troca de experiências entre os pesquisadores, docentes e estudantes moçambicanos e cientistas franceses, durante os próximos cinco anos.

O acordo nesse sentido foi oficialmente rubricado pela directora da Faculdade de Ciências da UEM, Amália Uamusse, e pelo director do IFREMER, Gilles Lericolais, acto que ocorreu a bordo do L'Atalante, um navio francês de pesquisa oceanográfica, que se encontra atracado no porto de Maputo desde segunda-feira até próximo sábado.

À luz do acordado, a UEM irá executar trabalhos através dos departamentos de ciências biológicas e de geologia.

"Este acordo é muito importante porque a instituição francesa tem uma longa experiência neste tipo de pesquisas", afirmou Uamusse.

Ela destacou a necessidade dos docentes, investigadores e estudantes moçambicanos serem capacitados em pesquisas na área de ciências marinhas, uma vez que o país é detentor duma longa costa, onde abundam biodiversidades.

A dirigente da UEM explicou que o memorando contempla, ainda, a capacitação de vários docentes, estudantes e pesquisadores, mas nesta primeira fase apenas um estudante de mestrado em geologia vai fazer a recolha de dados ao longo da costa moçambicana juntamente com os pesquisadores franceses.

"Porem, ainda vamos nos reunir para definirmos com pormenor os passos seguintes e quantos investigadores, docentes e estudantes poderão participar deste memorando", referiu a fonte, acrescentando que este intercâmbio é um ganho imenso "porque é um conhecimento que ficará, no país, para sempre".

Por seu turno, o director do IFREMER, Gilles Lericolais, congratulou a assinatura do memorando, afirmando tratar - se duma colaboração muito importante não só para Moçambique, mas também para própria França.

"Contamos regressar mais tarde para pesquisas conjuntas conforme o memorando assinado. Essas pesquisas nos permitirão ter um conhecimento comum sobre a biodiversidade marinha, pois os oceanos são um património mundial. Este conhecimento que vamos adquirir ao trocar experiências com estudantes, docentes e pesquisadores moçambicanos também será um bem mundial", afirmou Lericolais.

O IFREMER é um instituto integrado e que se interessa por todo o tipo de pesquisa na área de oceanografia. A vizinhança marítima com a França (Ilhas Esparsas, Mayotte e Reunião) e várias áreas de interesse comum, nomeadamente segurança marítima, gestão sustentável dos recursos, protecção do meio ambiente ou o impacto das alterações climáticas, tornam obvia esta parceria óbvia.

fonte


 



Data: 2014-11-06

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família