Portugal

Pilotos do Porto de Cabinda vo estagiar em Sines

O Porto de Sines celebrou um Protocolo de Cooperação com a Empresa Portuária de Cabinda (EPC) (Angola), com o objectivo de fomentar o intercâmbio de conhecimentos e experiências técnicas nos domínios de actividade portuária e transportes marítimos, consubstanciados na formação e prática de pessoal técnico de pilotagem e de comunicações.

Esta empresa portuária angolana identificou Sines como um porto especializado na operação de grandes navios, movimentando diferentes tipos de carga, sendo por isso uma referência para o seu serviço de pilotagem, numa altura em que a EPC está a desenvolver o projeto de um novo porto de águas profundas e decorre também o projeto da nova ponte de cais. O objetivo é posicionar futuramente o Porto de Cabinda como uma infraestrutura de referência em toda a logística da região, servindo não só Cabinda, mas também os países vizinhos, assumindo a República Democrática do Congo um papel de destaque.

No seguimento deste protocolo está já prevista a receção de dois pilotos do Porto de Cabinda para a realização de estágios, acompanhando os pilotos do Porto de Sines nas manobras de atracação e largada dos navios, dotando-os assim de novas competências para o desempenho da sua atividade.

Esta não é a primeira vez que que o Porto de Sines coopera com outros portos da lusofonia no intercâmbio de conhecimentos de pilotagem, destacando-se os estágios proporcionados a profissionais da Ceará Marine Pilots, do Brasil, e da EPIBAL, a empresa de pilotagem do Porto de Luanda, também de Angola.