Angola

CAMINHO DE FERRO DE MO«¬MEDES

Investimentos v„o gerar mais de trÍs mil empregos

O ministro dos transportes, Augusto da Silva Tomás, disse esta sexta-feira, em Menongue, província do Kuando Kubango, que os investimentos que estão a ser feitos pelo executivo no Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM) vão gerar mais de três mil postos de trabalho.

Falando no final da viagem experimental do comboio do CFM entre a Huíla e o Kuando Kubango, o ministro realçou que até 2012 será recrutado este número de quadros que serão submetidos a formação técnica e profissional.

O ministro avançou que a formação destes novos quadros deverá ser feita nas áreas de engenharia mecânica, telecomunicações, operador de máquinas, informatização de bilhetes, pressupostos importantes concretização do processo de modernização.

A viagem experimental Matala – Menongue durou sete horas e para além do ministro Augusto Tomás, fizeram parte da mesma membros do governo da Huíla, jornalistas e quadros do sector.

fonte