Início > Moçambique

MOÇAMBIQUE | PRIMEIRO SEMESTRE 2020

Na província de Tete, capturas de pescado ultrapassam as 20 mil toneladas

A ACTIVIDADE piscícola na província de Tete registou capturas de 20.585,2 toneladas de pescado diverso durante os primeiros seis meses do ano em curso. Em Tete a piscicultura é maioritariamente desenvolvida na albufeira de Cahora-Bassa que banha os distritos de Zumbu, Mágoè, Marávia e Cahora-Bassa.

ALBUFEIRA DE CAHORA BASSA, MOÇAMBIQUE

Persistem redes criminosas de pesca ilegal da capenta

A pesca da capenta é muito lucrativa e com isso atrai muitos ilegais. Por ser uma espécie apenas predominante na Albufeira de Cahora Bassa, muitos são os que à revelia das leis procuram capturar esta espécie. No total são 72 embarcações ilegais destinadas a captura da capenta na Albufeira de Cahora Bassa apreendidas do ano passado a esta parte. “Não entendo como uma embarcação com este tamanho pode ser idealizada e construída aqui – na albufeira – sem que tenhamos conhecimento”, indagou a governante.

COVID-19

Restrições impõem baixa produção na indústria pesqueira em Inhambane, Moçambique

As restrições impostas pela pandemia da COVID-19 estão a prejudicar a produção pesqueira em Inhambane. Algumas empresas tiveram de reduzir a mão-de-obra e baixar a produção para a metade.

A Ministra do Mar, Aguas Interiores e Pescas, reconhece a situação que diz ser necessária. Para já, Augusta Maita quer que o produto moçambicano seja de extrema qualidade.

MOÇAMBIQUE

CFM adquire novas máquinas de manutenção de linhas

Em cumprimento do seu plano Estratégico 2018-2020, a Empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) adquiriu, recentemente, novas máquinas modernas para a manutenção das Linhas Férreas dos sistemas Centro e Sul do país, cuja cerimónia de inauguração foi presidida pelo Ministro dos Transportes e Comunicações, Janfar Abdulai e testemunhada pelos Membros do Conselho de Administração, Imprensa e trabalhadores da Empresa.

Trata-se de duas Reguladoras e igual número de Atacadeiras que se destinam a regular a banqueta e correcção da ferrovia, cuja entrada em funcionamento vai aumentar a capacidade de carregamento e velocidade dos comboios de mercadorias e passageiros nas linhas.

MOÇAMBIQUE

Procuram-se soluções internas para produção de ração para aquacultura

O Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas afirma-se preocupado com a fraca oferta de ração, condição essencial para catapultar o desenvolvimento da aquacultura no país, que tem um potencial de produzir quatro milhões de toneladas de pescado, mas, no último quinquénio, só conseguiu 3700 toneladas, cifra muito aquém das expectativas.

MOÇAMBIQUE

Administradores Executivos do CFM renovam Mandatos

Três Administradores Executivos da Empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique tomaram posse a 28 de Julho, na sequência da renovação dos seus mandatos por mais 4 anos. Trata-se de Agostinho Langa Jr., Joaquim Zucule e Anísio Lopes Bainha.

A cerimónia de tomada de posse decorreu no Edifício do Conselho de Administração do CFM e foi presidida pela Presidente do IGEPE, Órgão responsável pela gestão e coordenação do sector empresarial do Estado.

MOÇAMBIQUE

Capacidade de transporte de passageiros e carga será reforçada

O governo, através da empresa Portos e Caminhos de Ferros de Moçambique (CFM), está em processo de aquisição de 90 carruagens, 300 vagões e cinco locomotivas para responder à crescente demanda de carga e transporte de passageiros no país. A informação foi avançada pelo ministro dos Transportes e Comunicações, Janfar Abdulai, na cerimónia de inauguração de novos equipamentos de manutenção adquiridos pelos CFM.

CMA CGM Moçambique realizou o primeiro block train de contentores, ligando-se ao Malawi

A CMA CGM Moçambique executou o seu primeiro block train de contentores no país africano, materializando a ligação entre Moçambique e Malawi – o frete englobou 68 vagões, com 100% de carga da CMA CGM. A informação foi avançada por Neusa Ferreira Marcelino, managing director.

De acordo com Neusa Ferreira Marcelino, «espera-se que o novo serviço ferroviário de block train funcione semanalmente»; a materialização deste novo serviço (que, tal como o nome indica, transporta, em todos os seus vagões, o mesmo produto, do mesmo cliente, com origem e destino fixos), foi possível graças a uma sinergia entre o grupo francês CMA CGM, o Corredor de Desenvolvimento do Norte e a Central East African Railways.

MOÇAMBIQUE

Siemens Portugal moderniza Porto de Maputo

O centro de competências da Siemens Portugal que desenvolve soluções para terminais portuários – Cranes Engineering Hub – está a participar em quatro novos projetos internacionais, desta feita no Porto de Maputo, em Moçambique, ainda nos portos de Barcelona, em Espanha, do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e de Constança, na Roménia.

Este Hub desenvolve e fornece soluções para pórticos de cais e gruas de parque de terminais portuários, isto é, leva a cabo projetos de design, modernização e digitalização das máquinas que colocam e retiram os contentores dos navios e que movimentam os contentores dentro dos portos.

África do Sul foi o maior parceiro comercial de Moçambique no 1.º trimestre de 2020

Em termos de países que se evidenciaram nas relações comerciais com Moçambique, no primeiro trimestre de 2020, a vizinha África do Sul adquiriu mais produtos (23,3% do total das exportações moçambicanas), segue-se a Índia (12,3%), China (4,3%) e Países Baixos (1,8%).

Relativamente às importações, entre os fornecedores para Moçambique, tiveram maior relevo a África do Sul (23,1%), a índia (10,2%), a China (8,5%) e os Emirados Árabes Unidos (7,5%).

Alfândegas de Moçambique têm novo director-geral

AURAI Inácio Tsama é o novo director-geral das Alfândegas de Moçambique, substituindo no cargo Aly Mallá. Taurai Tsama foi empossado pelo ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane. Até à sua nomeação, Tsama ocupava o cargo de director-adjunto da Unidade de Fiscalização Tributária na Autoridade Tributária de Moçambique.

Moçambique volta a contar com transporte marítimo interno de mercadorias

O Presidente moçambicano Filipe Nyusi procedeu no dia 10, no Porto de Maputo ao relançamento do transporte marítimo interno de mercadorias. Pretende-se com a iniciativa atrair mais investimentos no sector, bem como contribuir para minimizar os custos de bens e serviços bem como de produtos ao consumidor final. Um empreendimento que conta com know how francês.

MSC GINA

Porto da Beira recebe o maior navio de carga de sempre

O porto moçambicano da Beira recebeu, a 13 de Maio, o MSC Gina, no que constituiu um marco histórico por se tratar do maior navio que alguma vez demandou esta importante infraestrutura portuária.

Ao escalar o Porto da Beira, o navio Panamax MSC Gina (260 metros e capacidade de 4056 TEU),contribui para o crescimento e desenvolvimento dos negócios maritimos nesta regiao de África.
Construído em 1999, navega sob bandeira panamenha, tendo Durban, na África do Sul, como porto de origem.

Portos moçambicanos levam cobre e cobalto do Congo para a China

A China Molybdenum Co está a enviar cobre e cobalto da República Democrática do Congo para a China através de portos em Moçambique, avança um porta-voz da mineradora.

De acordo com a Reuters, a China Moly, que opera a mina de Tenke Fungurume, na República Democrática do Congo, teve de mudar de planos logísticos após a África do Sul ter limitado os seus portos a bens essenciais.

MOÇAMBIQUE

Grupo Jan De Nul finalizou dragagens de manutenção no Porto de Maputo

O Grupo Jan De Nul finalizou o processo de dragagem de manutenção do Porto de Maputo. Os trabalhos, agora totalmente concluídos, permitem repor a profundidade alcançada aquando da dragagem executada no ano de 2016.

MOÇAMBIQUE

Empresas do Corredor de Nacala adoptam designação comercial única

As empresas do Corredor de Nacala decidiram passar a usar um único nome comercial, denominado Nacala Logistics, resultado da fusão das marcas de cada uma. A revelação foi feita por Welington Soares, presidente do Conselho de Administração das empresas do Corredor Nacala.

MOÇAMBIQUE

Transitex completou com sucesso operação logística complexa no Porto de Maputo

A 19 de Abril a operadora logística Transitex concluiu com êxito mais uma operação logística complexa, que envolveu uma «carga de grandes dimensões» no continente africano.

A operação arrancou quatro dias antes, com a chegada de um conjunto de vigas metálicas – que viriam a ser utilizadas numa obra civil – ao porto moçambicano de Maputo, vindas directamente da Bélgica. A carga foi transportada, da Bélgica para Moçambique, pelo navio ‘Bright Horizon’: a bordo vinham 252 vigas, com 1.519 toneladas e 1.479,61 metros cúbicos.

Gás a arrancar até 2024 mantém perspetiva de forte crescimento económico em Moçambique

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) considera que os projetos de exploração de gás em Moçambique a arrancar até 2024 ainda chegam para promover um forte crescimento económico, apesar de adiado o investimento Mamba da Área 4.

"Não temos dúvidas, Moçambique tem uma enorme quantidade de gás e, falando da Área 1, só as duas unidades de processamento de LNG (gás natural liquefeito, sigla inglesa) valem oito mil milhões de dólares [7,3 mil milhões de euros]", refere Simone Santi, presidente do pelouro dos Recursos Minerais, Hidrocarbonetos e Energia da CTA, à Lusa.

MOÇAMBIQUE

Empresas do Corredor de Nacala adoptam designação comercial única

As empresas do Corredor de Nacala, no norte de Moçambique, passam doravante a usar um único nome comercial, denominado Nacala Logistics, que é resultado da fusão das marcas de cada uma, informou o presidente do Conselho de Administração das empresas do Corredor Nacala.

Welington Soares disse que a marca integrada foi criada com o objectivo de dinamizar e fomentar, cada vez mais, a relação comercial entre as empresas moçambicanas do Corredor de Nacala, nomeadamente o Corredor do Desenvolvimento do Norte (CDN) e o Corredor Logístico Integrado de Nacala (CLN) e as empresas Central East African Railways (CEAR) e Vale Logistics Limited (VLL), do Malaui, bem como com os utentes dos seus serviços.

Total planeia encomendar oito navios-tanque de GNL para projecto no Norte de Moçambique

O grupo francês Total encontra-se a equacionar a encomenda de oito navios-tanque (ou metaneiros) de gás natural liquefeito para o projecto do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, segundo adianta o jornal sul-coreano ‘Business Korea‘.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família