Início > Brasil

BRASIL

Companhia Docas do Rio de Janeiro tem dois novos directores

O Conselho de Administração da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) aprovou a indicação de dois novos diretores. Para a Diretoria de Administrativo-Financeiro (DIRAFI), assume o Vice-Almirante Indalecio Castilho Villa Alvarez e para a Diretoria de Gestão Portuária (DIRGEP), Mario Povia.

BRASIL

Porto de Itaguaí regista aumento de 60,8% na movimentação da CPBS - Vale

No Porto de Itaguaí, administrado pela Companhia Docas do Rio de Janeiro, o retorno das operações da Companhia Portuária Baía de Sepetiba - CPBS da VALE, ocasionado pela volta da produção das minas de minério que atendem ao terminal, proporcionou um acréscimo de 60,82% na movimentação de minério de ferro do terminal.

Rangel Brasil lança serviço de transporte marítimo dedicado à importação de fruta

A Rangel Brasil mostra-se focada no fornecimento de soluções personalizadas com vista ao fomento do fluxo de importação, designadamente o de frutas, tendo anunciado, para este mês de Setembro, o lançamento de um serviço de transporte marítimo dedicado à importação destes produtos.

Docas do Rio regista mais de 45 mil tramitações e 10 mil documentos criados em um mês de utilização do SEI

Desde que passou a utilizar o Sistema Eletrônico de Informações – SEI Multiórgãos, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) registou mais de 45 mil tramitações de documentos e processos. O balanço foi divulgado ao completar um mês da implantação da plataforma digital do Ministério da Infraestrutura (MInfra).

BRASIL

Docas do Rio promove treinamento sobre COVID-19 para terceirizados

Como mais uma ação preventiva contra a COVID-19, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) promoveu, nesta terça-feira (25) um treinamento para os terceirizados da empresa, incluindo serventes de limpeza, recepcionistas, motoristas, contínuos e vigilantes.
Com o tema “Orientação aos profissionais sobre a limpeza do ambiente – COVID-19”, o treinamento foi organizado pela Gerência de Serviços Gerais da CDRJ e ministrado pela enfermeira Denise Xavier, contratada da empresa Cardeal, terceirizada de limpeza.

PORTO DO PECÉM

Conheça um dos principais diferenciais competitivos do Ceará

Concebido como um terminal portuário, local se tornou um grande complexo, com área indústria e a única ZPE ativa no Brasil

Responsável por mais de 50% de todas as exportações e importações do Ceará, o Porto do Pecém tem sido, há quase duas décadas, um dos principais diferenciais competitivos da economia do Estado. Localizado no município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o equipamento deixou de ser, ao longo dos anos, um simples terminal portuário para se tornar um grande complexo, com área industrial, porto e Zona de Processamento de Exportação (ZPE), a única atualmente em atividade no Brasil.

Docas do Rio melhora gestão financeira e regista lucro de quase um bilião de Reais em 2019

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), Autoridade Portuária que administra os Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, registou lucro de R$947,8 milhões no exercício de 2019. Trata-se de um grande avanço no desempenho financeiro da companhia, conquistado com a melhoria das práticas de gestão, incluindo a implementação das recomendações dos Conselhos, Auditoria Interna e Órgãos de Controle, tais como controle de gastos e criteriosa análise gerencial de Fluxo de Caixa e Contas a Receber.

BRASIL

Portos do Paraná firma parceria com Fundación Valenciaport

A empresa pública Portos do Paraná firmou uma colaboração técnica inédita com a Fundación Valenciaport, um centro de pesquisa, inovação e formação do setor logístico portuário, com sede no porto de Valência, na Espanha, e atuação em portos da Europa, América Latina, Ásia e Oriente Médio. Objetivo é modernizar os portos paranaenses, com grandes projetos na área de tecnologia, inovação e qualificação humana.

A proposta é única no Brasil e devem modernizar os portos de Paranaguá e Antonina, com estratégias que são referência nos mais importantes e eficientes portos do mundo. “Ter a fundação ao nosso lado, ajudando a compor projetos estratégicos, vai transformar nossos portos para o futuro”, afirma o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

BRASIL

Complexo portuário de Itajaí e Navegantes registra crescimento de 24% em julho

O Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes encerrou o mês de julho com crescimento de 24% na movimentação de contêineres em relação ao mesmo período de 2019. Foram movimentados 121.332 TEUs, 23.285 TEUs a mais que em julho do ano passado, quando o complexo registrou movimentação de 98.047 TEUs.

Em toneladas, a movimentação também foi positiva, com crescimento de 13%. Em julho de 2020 foram movimentadas 1.222.096 toneladas contra 1.083.772 toneladas do mesmo período do ano anterior.

ITAJAÍ, BRASIL

Guarda Portuária recebe equipamentos para auxiliar na inspeção de veículos

A Guarda Portuária do Porto de Itajaí, através da Coordenadoria Geral do Sistema de Segurança Portuária – COSEG, recebeu novos equipamentos para a inspeção dos veículos que acedem ao porto.

Foram entregues oito espelhos para de inspeção veicular e sete câmeras boroscópio, adquiridos pela Superintendência do Porto de Itajaí em parceria com a APM Terminals.

BRASIL

Após 15 anos, Porto de Santos aprova novo PDZ

O Ministério da Infraestrutura (Minfra) aprovou o novo Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do Porto de Santos, a primeira atualização em 15 anos do planeamento do mais importante porto do País. A Portaria nº 1.620, do Minfra, foi publicada no Diário Oficial da União e permitirá a modernização do Porto de Santos, ao planeaar estrategicamente a ocupação das áreas públicas pelos próximos 20 anos. A concretização do plano elevará a capacidade do complexo santista em aproximadamente 50% até 2040, atingindo 240,6 milhões de toneladas.

BRASIL

Golar Power desenvolve projeto para primeiro terminal de GNL no Norte

A Golar Power Limited ("Golar Power"), uma joint-venture entre a Golar LNG Limited (NASDAQ ticker: GLNG) e Stonepeak Infrastructure Partners, anuncia a execução de um Memorando de Entendimentos com a Norsk Hydro para desenvolver o primeiro terminal de GNL no Norte do Brasil, um grande passo para uma das maiores iniciativas de redução de gases de efeito estufa, em nível global.

O projeto permitirá o fornecimento de GNL para a refinaria de Alumínio Alunorte da Norsk Hydro, localizada nas proximidades do Porto de Vila do Conde, no Município de Barcarena, Estado do Pará, Brasil. A Alunorte será também o primeiro cliente operacional do FSRU de Barcarena que a Golar Power planeja colocar em funcionamento no primeiro semestre de 2022. A conclusão de acordos finais com a Norsk Hydro será, portanto, um passo importante para o início dos investimentos, que devem ocorrer nos próximos 4 a 6 meses.

Brasil

Sector de portos privados eleva carteira de investimentos em 3,2 biliões de Reais

O sector portuário calcula ter expandido a carteira de investimentos em R$ 3,22 bilhões no primeiro semestre com a autorização de quatro novos TUPs (terminais de uso privado), segundo dados da Associação de Terminais Portuários Privados.

O recurso eleva o patamar de investimento do setor portuário privado a R$ 43,02 bilhões desde 2013 com a Lei dos Portos, sendo o Sudeste a região com mais recursos (R$ 22,1 bilhões), seguido pelo Nordeste (R$ 10,3 bilhões), conforme a entidade.

BRASIL

Porto Itapoá finaliza os cinco primeiros meses de 2020 com aumento de 11,3% nas movimentações

O Porto Itapoá comemorou o aniversário de 9 anos de operação com aumento de 11,3% no volume de contentores movimentados em relação ao mesmo período de 2019. O destaque são as operações de importação e transbordo, que tiveram crescimento de 7,4% e 53,6% respectivamente.

As exportações, que apresentavam números estáveis em relação a 2019, devem manter essa tendência, com uma possibilidade de crescimento para segmentos específicos, como reefer e setor madeireiro, que podem ganhar força em função do câmbio favorável.

BRASIL

Porto do Recife apresenta para investidores proposta de ampliação da operação de malte

Com o objetivo de ampliar a operação de malte no Porto do Recife, foi apresentada a possíveis investidores uma proposta para licitar uma área de mais de 10 mil metros quadrados para a construção de silos, aumentando assim o estoque do produto no local. A reunião remota foi conduzida pelo secretário de Desenvolvimento Económico de Pernambuco (SDEC), Bruno Schwambach, e pelos presidentes do ancoradouro e da Agência de Desenvolvimento Económico de Pernambuco (AD Diper), Carlos Vilar e Roberto Abreu e Lima, respectivamente.

FLÁVIA VASCONCELOS:

Cidades e pessoas devem ser incluídas na gestão dos portos

(...) Ainda é fraca a cultura da participação no sistema portuário. Em parte, porque os portos sempre estiveram associados a estratégias económicas, comerciais ou logísticas, e muito pouco lembrados e tratados como potencial de desenvolvimento local. Ela atribui isso à centralização da decisão em âmbito federal, excluindo interesses e a participação de estados, municípios e da comunidade portuária local, descolando a gestão dos portos do território onde estão inseridos.

BRASIL

TCU autoriza renovações ferroviárias que viabilizam construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO

O Tribunal de Contas da União autorizou a renovação antecipada dos contratos de concessão da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) e da Estrada de Ferro Carajás (EFC), ambas administradas pela Vale S/A. Com isso, será possível implementar a construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), que beneficiará o escoamento da produção de grãos nos estados de Goiás e Mato Grosso.

Os novos contratos, mais modernos e alinhados aos interesses públicos, preveem investimentos de R$ 21 bilhões, sendo R$ 8,5 bilhões na EFVM e R$ 9,8 bilhões na EFC, além do uso do mecanismo de investimento cruzado, que permite usar parte do valor de outorga para a construção de novas ferrovias do Estado com investimento privado.

Brasil importa cerca de 1 milhão de toneladas de nitrato de amónio por ano

O nitrato de amónio, produto apontado como possível responsável pela explosão ocorrida num terminal portuário do Líbano, é matéria-prima de um fertilizante comum na agricultura brasileira, utilizado há pelo menos 50 anos, especialmente na produção da cana-de-açúcar. Apesar disso, ele está longe de ser o adubo mais usado pelo produtor rural.

O Brasil é um dos líderes na produção mundial de alimentos, e a procura dos agricultores é muito maior do que o país consegue produzir de nitrato (cerca de 500 mil toneladas por ano) e outros adubos químicos. Com isso, a maior parte dos fertilizantes precisa de ser importada.

BRASIL

Governo federal qualifica cinco terminais pesqueiros para privatização

O governo federal qualificou cinco terminais pesqueiros públicos para privatização no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República. Serão entregues à iniciativa privada os terminais de Natal (RN), Aracaju (SE), Vitória (ES), Santos (SP) e Cananeia (SP), de acordo com decreto publicado no Diário Oficial da União.

ESTA TERÇA-FEIRA, 11 DE AGOSTO

Audiência Pública virtual sobre arrendamento do Terminal Salineiro de Areia Branca

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) estabeleceu que a audiência pública presencial prevista no âmbito do Aviso de Audiência Pública nº 11/2020-ANTAQ ocorrerá no modelo virtual esta terça-feira, 11 de agosto de 2020, com início às 15h e término quando da manifestação do último credenciado, sendo 18h o horário limite para encerramento.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)