Início > Pescas

CABO VERDE | BIÓLOGA MARINHA PATRÍCIA ROCHA

Recursos Marinhos: «Enquanto vamos a passos de tartaruga, prevaricadores estão a passos de chita»

O mar de Cabo Verde está a ser delapidado todos os dias, através da pesca desenfreada, enquanto o arquipélago não implementa a legislação existente. O alerta é da bióloga marinha Patrícia Rocha.

Albatrozes podem transformar-se em vigilantes

Um novo estudo do cientista Henri Weimerskirch tenta combinar a ideia de veículos aéreos autónomos com albatrozes. Como? O cientista transformou albatrozes em espiões, usando os movimentos naturais dos animais para rastrear a pesca ilegal, segundo o Hakai Magazine.

O estudo concluiu que as aves, além de serem capazes de rastrear uma enorme área, podem voar 3 mil quilómetros em busca de comida, cobrindo assim mais de 10 milhões de quilómetros quadrados. Têm por hábito reunir-se em torno de embarcações de pesca, devido ao fácil alimento que poderão obter e também por isso apresentam-se como uma mais-valia.

ANGOLA

Peixe de Moçâmedes ajuda centenas de angolanas a sustentar famílias

Centenas de angolanas juntam-se diariamente no improvisado mercado do peixe de Moçâmedes, mas as condições de venda e segurança, inclusive com assaltos durante o negócio, dificultam a vida destas mulheres numa das maiores praças pesqueiras de Angola.

Em pleno centro da capital da província do Namibe, no sul de Angola, Moçâmedes conserva a tradição pesqueira secular, com centenas de embarcações que todos os dias chegam a terra com peixe, nomeadamente carapau.

Já existe software para acabar com a pesca acessória

Com o objectivo de diminuir as capturas acessórias de espécies, de que resulta a morte de algumas que estão muitas vezes em vias de extinção, uma equipa de cientistas desenvolveu um software inteligente, denominado EcoCast, que, se for actualizado diariamente, permite identificar áreas de conservação. Uma identificação que é naturalmente difícil actualmente devido ao dinamismo do fundo marinho, resultante da ondulação, das marés e dos movimentos tectónicos.

Ruínas não afastam sonho do Tômbwa voltar o maior centro pesqueiro de Angola

Já foi o maior centro pesqueiro de Angola, então como Porto Alexandre, no sul do país, com dezenas de indústrias, nomeadamente conserveiras, mas o declínio das últimas décadas no Tômbwa tenta hoje ser, lentamente, revertido.

Com mais de 50.000 habitantes, no município do litoral mais a sul em Angola, na província do Namibe, não há família que não viva da pesca, até porque outras indústrias praticamente não existem.

Moçambique conta com pesca de atum para aumentar receita fiscal

O governo de Moçambique está a contar com o atum que os barcos de pesca encomendados em Setembro de 2013 irão recolher para aumentar a receita fiscal, mas poderá ser já demasiado tarde, atendendo aos níveis de capturas que estão a ser protagonizados tanto pelos operadores regulares como pelos ilegais, pode ler-se num artigo publicado no China-Lusophone Brief (CLBrief).

O texto recorda o acordo assinado em Dezembro de 2017 pelo empresário norte-americano Erik Prince, presidente da empresa com sede em Hong Kong Frontier Services Group (FSG), com o governo de Moçambique para o estabelecimento de uma parceria para recuperar a Empresa Moçambicana de Atum.

SÃO PAULO, BRASIL

Terminal Pesqueiro de Laguna retoma fábrica de gelo

O Terminal Pesqueiro Público de Laguna (TPPL), administrado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), publicou edital para nova fábrica de gelo. A produção foi interrompida em dezembro do ano passado devido vazamento de amônia. Os recursos para o investimento, cerca de 1,5 milhão de reais, foram destinados pelo Governo federal, por meio da Secretaria Nacional de Portos (SNP), do Ministério de Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA).

Suspensa a exportação de pescados brasileiros para a União Europeia

Para evitar decisão unilateral pela União Europeia de suspensão da importação de pescados do Brasil, devido a condições deficientes de instalações industriais e de manuseio, bem como nas embarcações, verificados durante vistoria europeia efetuada em setembro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil anunciou dia 26 a suspensão, que entra em vigor dia 3 de janeiro, por tempo indeterminado.

As medusas poderão deixar pesca inviável

Uma investigação no Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) sob responsabilidade de António Marques, conclui que com a ocorrência de alterações climáticas, as medusas, que atacam as larvas de peixe, dominarão as mesmas e deixá-las-ão impróprias para consumo. Isto porque os blooms de medusas que crescem bem com temperaturas mais elevadas, ao tocarem com os tentáculos urticantes nos peixes, provocam queimaduras nas suas superfícies, deixando-os inviáveis para venda.

Fish Forward alcançou 50 milhões de pessoas

Chegou ao fim o Fish Forward, um projecto “Por um consumo responsável de peixe e marisco e um futuro para os oceanos”, dedicado ao peixe sustentável para o meio ambiente e para as pessoas, principalmente dos países em desenvolvimento, e que envolveu 11 países da União Europeia (UE).

ANGOLA

Proibição da pesca do carapau mantém-se apesar de recuperação da espécie

O período de proibição da pesca do peixe carapau e outras espécies marinhas sob veda vai manter-se, apesar do registo de recuperação, até haver certa robustez desses recursos, informou a directora Nacional das Pescas, Maria de Lurdes Sardinha.

Governo português quer manter pesca da sardinha em nível adequado à recuperação

«O Governo está empenhado em manter a pesca de sardinha em níveis que permitam a recuperação do recurso», refere uma nota do gabinete da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

«Para tal, é necessário prosseguir e reforçar uma gestão sustentável e responsável. A sardinha é um recurso de interesse estratégico para a pesca nacional, cuja sustentabilidade ambiental, económica e social importa garantir, atento o impacto deste recurso nas comunidades piscatórias, na indústria conserveira e comércio de pescado, nas exportações do setor, na gastronomia e no turismo», pode ler-se.

ANGOLA

Lunda Sul: Capturadas mais de 12 mil toneladas de pescado

12.360 toneladas de peixe foram capturadas de Janeiro a Setembro deste ano, contra as oito mil toneladas do período homólogo, revelou, em Saurimo (Lunda Sul), o chefe do departamento de desenvolvimento rural e pescas da Direcção provincial da Agricultura, Carlos Domingos Fazenda.

Moçambique prevê exportar 14 mil toneladas de pescado até final do ano

O governo moçambicano prevê exportar 14 mil toneladas de pescado até final do ano, de acordo com a diretora do Instituto Nacional de Inspecção do Pescado (INIP), Lúcia Sumbana.

ANGOLA

Cuanza Sul : Capturadas mais de 11 mil toneladas de peixe

11.403 toneladas de peixe diverso foram capturadas nos últimos seis meses, na província do Cuanza Sul, por embarcações de pesca artesanal, industrial e semi-industrial , um aumento de 40 porcento comparativamente ao igual período anterior.

MOÇAMBIQUE

Consórcio interessado em processar pescado no Porto de Pesca de Maputo

A empresa AEL Limitada manifestou a intenção de usar a fábrica de processamento de pescado do Porto de Pesca de Maputo para expandir as suas actividades. Marcos Mangave, um dos administradores da empresa de processamento de pescado, falava durante a visita efectuada pelo ministro do Mar, Águas Interiores e Pescas, Agostinho Mondlane, à unidade de processamento de amêijoas da firma.

ANGOLA

Cuanza Sul: Mulheres processadoras de peixe recebem crédito

Porto Amboim- 25 mulheres que se dedicam à actividade de processamento de pescado dos municípios de Sumbe e Porto Amboim, na província do Cuanza Sul, receberam micro-crédito para potenciarem as suas actividades e maximizarem a produção do pescado.

ANGOLA

Formação sobre pesca artesanal na Huíla

A direcção provincial da Agricultura, Desenvolvimento Rural, Pescas e Ambiente da Huíla vai desenvolver, ainda este ano,acções de capacitação sobre pesca artesanal, para um melhor controlo, fiscalização e comercialização do pescado no mercado.

A informação foi avançada à Angop, no Lubango, pelo director provincial do sector do sector, Lutero Campos, apesar de não revelar o número de associações e núcleos a beneficiar desta acção.

FAO alerta para vírus que dizima os cardumes de tilápia

Uma doença altamente contagiosa está a espalhar-se entre as tilápias, uma das espécies de peixes mais consumidas do mundo. O alerta é da agência da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO).

ANGOLA

Governo e FIDA implementam projecto pesqueiro

O Governo angolano, com ajuda do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), vai implementar, a partir deste ano, um projecto de pesca marítima e aquicultura comunitária, nas províncias de Luanda, Cuanza Norte e Malanje. O projecto vai abranger 15 mil famílias e permitir aos pescadores a aprendizagem de técnicas de manipulação do pescado, cultivo de peixe, sobretudo, da aquicultura nestas províncias.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012