Início > Lazer

ILHA GORGONA

Curiosidades de um tesouro natural surgido do terror na Colômbia

De origem vulcânica, rodeada de montanhas e um refúgio para as baleias, a ilha Gorgona é uma jóia natural que emergiu dos restos de uma sinistra prisão que incutia terror na Colômbia. A maior ilha do país no Oceano Pacífico, de 44 km², ficou famosa pela prisão que abrigou durante duas décadas.

Hoje, no entanto, é um parque natural formado por duas ilhas - Gorgona e Gorgonilla - de cascalho preto, recifes coloridos, densas florestas e fauna exuberante, com temperaturas em torno dos 30 °C.

Já começou a primeira expedição turística ao Titanic

A apodrecer rapidamente e encalhado no oceano a quase quatro quilómetros de profundidade, não parecia haver esperanças de novas viagens para o Titanic, mas a OceanGate Expeditions tem outros planos. Entre Maio e Setembro dos próximos anos, a empresa vai realizar viagens anuais para visitar o naufrágio. O preço não é para qualquer um: entre 100 e 150 mil dólares para os mais ricos dos mortais, o que equivale a entre 84 e 126 mil euros.

A primeira expedição já arrancou e é composta por uma equipa de investigadores, arqueólogos, biólogos marinhos e, pela primeira vez, turistas. O preço avultado torna esta expedição uma das mais caras actividades turísticas no mundo.

110 mergulhadores num espectáculo visual que mereceu um novo record mundial do Guinness

A Lagoa Ambassador dentro do resort Atlantis Sanya, na ilha de Hainan, China, é lar para cerca de 86 mil criaturas marinhas de mais de 280 espécies de animais. No dia 28 de abril juntaram-se a este aquário mais de 100 nadadores com caudas de sereia com um objectivo: conseguir o Record Mundial do Guinness para o maior espectáculo subaquático de sereias.

Esta baía em forma de coração duplo ainda é um segredo bem guardado

Reza a lenda que as ilhas de Penghu, no estreito de Taiwan, se formaram a partir dos reflexos das estrelas na superfície do oceano. Histórias à parte, a verdadeira razão para a peculiar formação neste arquipélago constituído por 64 ilhas deve-se a uma soma de três fatores da natureza: vulcões, mar e vento.

QUANDO O AZAR VIRA ATRACÇÃO TURÍSTICA

Lanai, Havai, EUA

Conhecida como ideal para relaxar, pelas suas praias e tranquilidade, a menor ilha habitada do Havai é um ótimo destino para viajantes que procuram umas férias isoladas. Lar de dezenas de naufrágios ao longo das suas margens, a praia de Kaiolohia (naufrágio) de 9,5 km fica a cerca de 45 minutos de carro da cidade de Lanai.

Apesar da praia não ser ideal para nadar, pois há fortes correntes e o fundo do oceano é muito rochoso, os visitantes visitam-na para admirar um dos naufrágios mais populares da ilha, o imponente YOGN-42, um navio-tanque da Segunda Guerra Mundial que fica a apenas 200 metros da costa norte da ilha.

QUANDO O AZAR VIRA ATRACÇÃO TURÍSTICA

Roatán, Honduras

Roatán fica na segunda maior barreira de corais do mundo e é altamente recomendado pelos viajantes para mergulho e snorkeling. Também acolhe o Odyssey Wreck, um dos maiores naufrágios submersos das Caraíbas. Como em muitos naufrágios em Roatán, estes destroços foram intencionalmente afundados em 2002 para os mergulhadores explorarem e tirarem fotos subaquáticas.

QUANDO O AZAR VIRA ATRACÇÃO TURÍSTICA

Costa dos Esqueletos, Namíbia

Lar de vários naufrágios, a chamada Skeleton Coast (Costa dos Esqueletos) é uma faixa única de costa no norte da Namíbia.

Os ventos fortes, o nevoeiro frequente do oceano e as famosas águas turbulentas da zona são algumas das razões pelas quais estes navios ficaram presos em águas rasas nas margens arenosas.

QUANDO O AZAR VIRA ATRACÇÃO TURÍSTICA

Gytheio, Grécia

Não precisa de equipamento de mergulho para visitar este navio naufragado, por isso é perfeito para aventureiros de todas as idades. Localizado na praia de Valtaki, o Dimitrios é facilmente acessível por um passeio panorâmico ao longo da costa de Gythio e amado pelos habitantes locais pela sua localização deslumbrante.

MAR MORTO

A ilha de sal que guarda uma árvore e onde se chega a nadar

O Mar Morto é 9,6 mais salgado do que o mar, com uma percentagem de 342 g/kg, ou 34.2%, o que faz com que a sensação não seja a de estar na água mas mais numa espécie de óleo.

E, pequena curiosidade, não é um mar, mas sim um lago. Lago esse que é o ponto mais baixo da terra a mais ou menos 400 metros abaixo do nível das águas do mar. No entanto é um lago sem vida, se excluirmos algumas bactérias e fungos.

CABO VERDE

ENAPOR renova parceria com grupos e autarquias para o Carnaval 2020

Para reafirmar a sua aposta na valorização da cultura, a ENAPOR renovou a parceira com os grupos carnavalescos e autarquias do país com a assinatura dos acordos de patrocínio para o Carnaval 2020. O acto de assinatura aconteceu no dia 12, com grupos das ilhas de São Vicente, Santo Antão, Sal, São Nicolau e Santiago.

Para além do valor monetário entregue às associações carnavalescas e Câmaras Municipais, a empresa também patrocina os grupos, cedendo, gratuitamente, atrelados e tractores, material indispensável para a concepção dos andores e desfiles.

BRASIL

Porto do Rio de Janeiro recebeu 10 mil pessoas para o réveillon carioca

Três transatlânticos atracaram dia 30 no Porto do Rio de Janeiro, gerando uma movimentação aproximada de 10 mil turistas, entre embarque e desembarque, nos armazéns 4 e 5. Os navios MSC Musica, Costa Pacífica e Azamara Pursuit desatracaram no início da noite de terça-feira, dia 31, para que os seus passageiros assistissem ao espetáculo dos fogos da virada em Copacabana, de um ângulo privilegiado.

O BRASIL À SUA ESPERA

Maragogi, Alagoas

Maragogi é um município brasileiro do Estado de Alagoas. As suas praias têm mar tranquilo, areias brancas e densos coqueirais, destacando-se as de Barra Grande, Burgalhau, Peroba e São Bento. O passeio às galés (piscinas naturais) é um dos mais procurados pelos turistas.

O BRASIL À SUA ESPERA

Jericoacoara, Ceará

Jericoacoara é um Parque Nacional localizado a 300 quilómetros de Fortaleza, no Ceará. A região reúne um conjunto de belezas naturais de diferentes biomas criando um lugar único. Até 1985, o lugar era apenas uma isolada aldeia de pescadores, escondida entre imensas e móveis dunas. Por volta dessa época o turismo foi descoberto.

BRASIL

Um paraíso chamado Fernando de Noronha

Considerada Património Mundial Natural pela Unesco, Fernando de Noronha é um verdadeiro paraíso, com natureza preservada, paisagens que parecem pinturas, areias douradas e mar de um azul indescritível. Com uma fauna e flora preservadas, por onde se olha é possível avistar as mais lindas cenas da natureza.

BRASIL

Maior árvore de Natal flutuante do mundo está no Rio de Janeiro

Uma tradição natalícia que encanta moradores e turistas voltou à cena na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. O símbolo de Natal foi inaugurado com muitas luzes, música, festa e fogos.

A atração deverá ser vista por milhares de pessoas até 6 de janeiro. É a maior árvore de Natal flutuante do mundo. Com 70 metros de altura, a estrutura é enfeitada com o brilho de 900 mil lâmpadas coloridas, de led.

MOÇAMBIQUE

Arquipélago das Primeiras e Segundas Ilhas é uma cadeia de 10 ilhas-barreira

O Arquipélago das Primeiras e Segundas Ilhas é uma cadeia de 10 ilhas-barreira pouco habitadas e dois conjuntos de recifes de coral situados no Oceano Índico. ao largo da costa de Moçambique e próximo da cidade costeira de Angoche. As ilhas constituem dois grupos ao longo do lado ocidental do Canal de Moçambique.

15 praias paradisíacas fora dos radares turísticos. Há uma em Portugal!

Há praias por este mundo afora que conseguem ainda conservar um ambiente simples, natural e... com poucos turistas. São lugares de sonho, alguns quase intocáveis para a maioria dos viajantes, outros mais acessíveis.

BRASIL

Centenas de pessoas visitaram o Navio Antares no Porto de Salvador

O Navio Antares, da Marinha do Brasil, esteve dois dias aberto a visitas públicas no Porto de Salvador. Pertencente ao Agrupamento de Navios Hidroceanográficos da Diretoria de Hidrografia e Navegação, o Antares tem como missão efetuar levantamentos hidroceanográficos, em apoio à aplicação do Poder Naval e à segurança da navegação, na área marítima de interesse para o Brasil. Pode, ainda, contribuir para a execução de projetos nacionais de pesquisas em águas jurisdicionais brasileiras, bem como de pesquisas resultantes de compromissos internacionais.

PORTUGAL

Vida de mariscador: Enterrados no areal em busca de «um lanche generoso»

Uma pitada de sal num buraco na areia vale um lingueirão, espécie de bivalve, e uma refeição entre amigos, como assumem aqueles que fazem esta atividade por desporto

Está prestes a ser construído o primeiro hotel submarino do mundo

Aquele que é o primeiro hotel submarino do mundo, o Planet Ocean Underwater Hotel, recebeu finalmente a aprovação de patente e de marca registada, tendo tudo a postos para começar a ser construido. O projeto vai começar a erguer-se numa primeira fase em Key West, na Flórida, para depois ser transportado para um local que, apesar de ainda não estar definido, vai ser a 8,5 metros abaixo da superfície.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família