Início > Angola

Angola vai abrir concurso para concessão do corredor ferroviário do Lobito

 O Governo angolano vai abrir concurso para a concessão do Corredor do Lobito, um corredor ferroviário para tráfego internacional de mercadorias com início no Porto do Lobito  e que atravessa o país até à fronteira leste com a República Democrática do Congo e Zâmbia.

PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PROVINCIAL DE PESCAS DO NAMIBE, JORGE HILÁRIO DE SOUSA:

Há evidências de que se está apanhar o carapau miúdo

O presidente da Associação Provincial de Pescas do Namibe, Jorge Hilário de Sousa, lembra que em Junho, Julho e Agosto não se pesca o carapau por força do defeso biológico e que acha correcto. É de opinião de que em Setembro, com a abertura da pesca do carapau, se possa actuar no período do levantamento, pois a medida de proibição visa apenas a recuperação desta espécie muito comercial.

ANGOLA

Secil na cabotagem com barcos da extinta TMA

A Secil Marítima, a companhia de navegação de bandeira, recebeu quatro catamarãs que serviam a extinta TMA Express, para iniciar um serviço de cabotagem destinado a ligar o Soyo e Cabinda.

As embarcações, denominadas Luanda, Macôco, Cacuaco e Panguila, “vão ajudar a cabotagem no Norte de Angola, tendo em conta a descontinuidade geográfica entre a província de Cabinda e o resto do país”, lê-se na nota divulgada. A fonte acrescenta que, para complemento ao projecto, estão a ser construídos terminais de apoio ao transporte marítimo de passageiros nos municípios de Cabinda e Soyo.

ANGOLA

Entidades marítimas devem cooperar mais

As diversas entidades do sector marítimo do país (Porto, Capitania, Ambiente e Pescas) devem trabalhar em conjunto para encontrar um denominador aos problemas comuns, defende a técnica da área de contencioso da Empresa Portuária do Lobito, Mara Neto.

Falando num seminário sobre conflitos entre embarcações estrangeiras e o Porto, que decorreu naquela empresa durante quatro dias, Mara Neto afirmou existirem muitos problemas no sector marítimo, por falta de algum entendimento entre estas entidades. Apontou como causa a falta de uma autoridade marítima que deveria responsabilizar-se pelas actividades dentro das duzentas milhas, ficando o resto por conta da Marinha de Guerra, como se faz noutros países.

Angola pode ser a 4.ª maior economia de África

Angola poderá tornar-se, até 2050, a quarta maior economia de África, conforme projecções do Instituto de Estudos e Segurança (ISS), sediado em Pretória, África do Sul.

Segundo um relatório desse órgão, o país terá, até ao período em causa, um PIB nominal de USD 994 mil milhões, atrás da Nigéria, da África do Sul e Egipto. O estudo aponta que Angola deve ultrapassar Marrocos e a Argélia, caso supere desafios ligados à boa governação, acesso a infra-estruturas de qualidade, educação e cuidados primários de saúde.

ANGOLA

Porto de Luanda revela recuo de 17%

O volume de produção do Porto de Luanda caiu 17% no primeiro semestre, para 3,036 milhões de toneladas de carga diversa, contra 3,668 milhões no mesmo período de 2019, de acordo com dados obtidos pelo Jornal de Angola.
A queda da produção portuária foi mais acentuada nos meses de Abril e Junho, altura em que se registou uma quebra de 40 e 24 por cento, respectivamente, e que coincide com o período em que começou a ser notificado o aumento de número de casos de Covid-19 em Angola.
 

ANGOLA

Portos de Luanda e do Soyo cobrem 70% do movimento de cargas importadas

Os portos movimentaram 2.403.279 toneladas entre Março e Junho últimos, um acumulado de 472 embarcações e o envolvimento de 13.535 pessoas, segundo um relatório de balanço do Ministério dos Transportes.

EGIPTO PRAIA, ANGOLA

Pesca artesanal ressente-se de erros do passado

A pesca artesanal no Egipto Praia, província de Benguela, está a sofrer as consequências de erros do passado, em que barcos industriais estrangeiros capturavam descontroladamente os recursos marinhos, considera o administrador comunal, José Faria.

Estes barcos, disse, entravam dentro das quatro milhas permitidas por lei aos pescadores artesanais, arrastando grandes quantidades de pescado de várias espécies, beneficiando da quase inexistente fiscalização marítima que se fazia sentir na altura.

ANGOLA

Comuna da Luvemba aposta na comercialização de peixe

O projecto de aquicultura, denominado por Cañogoma, da comuna da Luvemba, município do Bailundo (Huambo), pretende passar, no presente ano, para a fase de comercialização de peixe, no quadro do reforço da capacidade de fornecimento do produto à população.

O facto foi avançado em declarações à ANGOP por um dos responsáveis do projecto em curso desde 2016, Elias Tchipopiakulo, que referiu, na ocasião, que a pretensão é motivada pelos elevados níveis de produção alcançados até ao momento.

Terminais portuários de Angola entregues a multinacionais

Três dos dez maiores operadores de terminais de contentores do mundo figuram entre os principais candidatos à gestão privada do Terminal Multiuso do Porto de Luanda, soube o Expresso junto de uma fonte portuária.

Em resposta à política de abertura promovida pelo Presidente angolano, João Lourenço, visando atrair para Angola algumas das maiores multinacionais no domínio do transporte marítimo, novos operadores de magnitude mundial apostam no mercado local, 13 anos depois da Maerks. A corrida pelo controlo daquele terminal, que movimenta mais de 50% da totalidade da mercadoria do Porto de Luanda, poderá vir a proporcionar, durante a vigência do contrato, um volume de negócios na ordem de 1220 milhões de dólares.

ANGOLA

Unicargas recebe certificação de gestão de instalações portuárias

A empresa Unicargas recebeu este mês uma declaração de seis anos que lhe atesta estar dentro dos padrões recomendados internacionalmente para segurança de instalações portuárias.

PORTO DO DANDE

Atlantic Ventures perde processo contra Estado angolano

O Tribunal Arbitral de Paris negou, sexta-feira, provimento à acção intentada contra o Estado angolano pela Atlantic Ventures, que contestava a revogação de um Decreto Presidencial a autorizar a concessão do Porto do Dande àquela empresa ligada à empresária Isabel dos Santos.

O referido tribunal condenou, ainda, a empresa Atlantic Ventures a pagar ao Estado angolano 132 milhões 890 mil e 290 kwanzas pelos custos da arbitragem, refere um comunicado de imprensa do Ministério dos Transportes (Mintrans), chegado à Angop.

PORTO DE CABINDA, ANGOLA

Calemas provocam prejuízos de 100 milhões de kuanzas

As calemas (ondas gigantes) provocaram prejuízos avaliados em cem milhões de kwanzas ao Porto de Cabinda, no período de 27 de Junho a 7 de Julho.
As ondas de aproximadamente dois metros de altura impediram a atracagem de navios no cais local e o manuseamento de carga na ponte.

LOBITO, ANGOLA

Autoridades multam navio ucraniano em 500 milhões de kuanzas

Cerca de 500 milhões de kwanzas é a multa a ser paga pelo armador do navio pesqueiro ucraniano "Olutorsky", de bandeira camaronesa, pela pesca de mais de 800 toneladas de carapau, em tempo de veda da espécie pelágica.

O governo angolano, através do Ministério da Agricultura e Pescas, proíbe a captura do carapau no chamado período de veda, que vai de 1 de Junho até 31 de Agosto, para a conservação e recuperação da biomassa dessa espécie.

ANGOLA

DELEGADO DO INTERIOR DE BENGUELA RECEBE DELEGAÇÃO DO PORTO DO LOBITO

O Delegado do Interior e Comandante Provincial da Polícia Nacional em Benguela, Aristófanes Cardoso dos Santos, recebeu em audiência, nas instalações da Delegação Provincial de Benguela, Celso Rodrigues de Lemos Rosas, Presidente do Conselho de Administração do Porto do Lobito, acompanhado pelos membros do novo Conselho de Administração.

ANGOLA

Porto do Caio vai alavancar economia de Cabinda

O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, considera que o Porto do Caio, que está a ser construído a cerca de 18 quilómetros a norte da cidade de Cabinda, será uma das principais alavancas para o desenvolvimento económico da região.

ANGOLA

Nova gestão do porto do Soyo aposta na formação de quadros

A criação de um plano de ordenamento portuário e a formação de quadros constituem as principais acções a serem desenvolvidas pelo novo Conselho de Administração do Porto do Soyo, na província do Zaire.

A informação foi avançada pelo novo Presidente do Conselho de Administração desta unidade portuária, João Zuma, durante a sua apresentação às autoridades locais, em acto orientado pelo ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA EM VÍDEOS

Porto Marítimo do Lobito, Angola | 09.02.1966

Operação de descargas de carvão para exportação nos territórios da África Central, no porto marítimo da cidade do Lobito, Angola. Vídeo do ARQUIVO RTP.

ANGOLA

Governo aposta na modernização do Porto de Luanda

O ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, destacou a aposta do Executivo na modernização do Porto de Luanda, como forma de o tornar mais competitivo, quer a nível nacional, quer a nível regional e internacional.

Numa mensagem dirigida aos responsáveis e trabalhadores da instituição, pelos 75 anos de existência, o governante declara que o Governo procura aumentar a capacidade institucional e de coordenação multidisciplinar, à luz dos princípios e paradigmas internacionais, tirando maior partido do potencial marítimo nacional.

ANGOLA

Navio Baía Farta novamente paralisado devido a avaria

O "Baía Farta", navio oceanográfico de investigação científica comprado à empresa Damen por cerca de 80 milhões de dólares, voltou a avariar e encontra-se paralisado desde Março, desta vez devido a uma anomalia nos sistemas hidráulicos de duas gruas.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família