Início

Angola vai abrir concurso para concessão do corredor ferroviário do Lobito


 O Governo angolano vai abrir concurso para a concessão do Corredor do Lobito, um corredor ferroviário para tráfego internacional de mercadorias com início no Porto do Lobito  e que atravessa o país até à fronteira leste com a República Democrática do Congo e Zâmbia.

BRASIL

Docas do Rio extingue protocolo físico e passa a receber correspondências externas por sistema electrónico


Com a recente implantação do Sistema Eletrônico de Informação – SEI Multiórgãos, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), Autoridade Portuária que administra os Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, vai extinguir o serviço de protocolo físico em outubro.

BRASIL

Ministério da Infraestrutura encerra actividades da Companhia Docas do Maranhão (Codomar)


  Após 10 anos sem realizar actividades relacionadas a atividades portuárias, a Companhia Docas do Maranhão (Codomar) encerrou, em definitivo, suas atividades na manh. O ato foi anunciado em assembleia geral extraordinária, que quitou a companhia, pondo fim a dois anos de um processo de liquidação. O fechamento da empresa representará uma economia anual de cerca de R$ 8,4 milhões aos cofres públicos da União.

18 DE NOVEMBRO

Portugal Exportador 2020: evento terá versão presencial e digital


  Em 2020 com novidades: o Portugal Exportador terá uma versão presencial e digital, com a introdução de uma nova plataforma digital a ser anunciada brevemente.
O caminho para a exportação faz-se no dia 18 de Novembro, no PT Meeting Center da FIL – Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações.

BRASIL

Companhia Docas do Rio de Janeiro tem dois novos directores


O Conselho de Administração da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) aprovou a indicação de dois novos diretores. Para a Diretoria de Administrativo-Financeiro (DIRAFI), assume o Vice-Almirante Indalecio Castilho Villa Alvarez e para a Diretoria de Gestão Portuária (DIRGEP), Mario Povia.

EFEITO DE BEIRUTE

Portos de todo o mundo estão a verificar se têm nitrato de amónio


  Quando se tornou óbvio que a enorme explosão no Porto de Beirute se deveu a uma enorme quantidade de nitrato de amónio mal armazenado, responsáveis portuários em todo o mundo, da Roménia ao Iraque, começaram a pensar se não poderiam ter o mesmo problema nas instalações pelas quais eram responsáveis.

EM JULHO

Passageiros nos portos de Cabo Verde com pico de quatro meses


  Os portos de Cabo Verde movimentaram mais de 50.000 passageiros em julho, o valor mais alto em quatro meses e uma subida de 24% face a junho, mas que ainda é metade face a 2019.
Segundo o mais recente relatório mensal de tráfego da Enapor, empresa pública cabo-verdiana responsável pela gestão portuária, os portos do arquipélago movimentaram globalmente 50.141 passageiros em julho.

CABO VERDE

ENAPOR celebra 38 anos de história e projecta um «futuro melhor» focado na «competitividade»


A ENAPOR (Empresa Nacional de Administração dos Portos), entidade pública que detém a responsabilidade de gerir os portos de Cabo Verde, celebra 38 anos de existência. Através de uma missiva divulgada nas redes sociais, a empresa cabo-verdiana vincou estar focada na projecção de «um futuro melhor», assente na «diversificação» da sua actuação e na «competitividade dos serviços» oferecidos.

Grupo Sousa em projecto solidário: navio «Raquel S» entregou ambulâncias na Guiné-Bissau


Tratou-se de mais uma acção de solidariedade levada a cabo pelo Grupo Sousa: o navio ‘Raquel S’ transportou, para Bissau, duas ambulâncias e uma viatura de comando doadas pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cascais, destinadas à ONG Pró-Bolama.

Rangel Brasil lança serviço de transporte marítimo dedicado à importação de fruta


A Rangel Brasil mostra-se focada no fornecimento de soluções personalizadas com vista ao fomento do fluxo de importação, designadamente o de frutas, tendo anunciado, para este mês de Setembro, o lançamento de um serviço de transporte marítimo dedicado à importação destes produtos.

CABO VERDE

Conselho de Administração da ENAPOR com nova composição


A recomposição do Conselho da Administração da ENAPOR ficou definida no dia 19 de Agosto, após realização de uma Reunião Extraordinária do CA , em que os seus membros designaram o Administrador, Eng. Alcídio Lopes, para desempenhar as funções de Presidente do Conselho da Administração da empresa.

CV INTERILHAS

Esforço e dedicação foram cruciais para enfrentar tempos desafiantes


Os «tempos desafiantes» impostos pela pandemia de COVID-19 colocaram novos obstáculos à actuação da CV Interilhas, que em Agosto celebrou um ano de actividade, conectando as ilhas cabo-verdianas. «Durante o Estado de Emergência que decorreu entre 29 de Março e 11 de Maio, em Cabo Verde, sempre foi prioridade manter a mobilidade das populações e dos agentes económicos», vinca a empresa do Grupo ETE.

A NOVA ATRACÇÃO TURÍSITICA

Tours de barco à volta dos «cruzeiros-fantasma» da pandemia


Em tempos de pandemia e de crise económica, faz-se o que se pode com o que se tem. Que o diga um empresário britânico, Paul Derham, que de uma situação insólita criou um negócio: a nova atracção turística deste Verão no Canal da Mancha, passeios de barco à vota dos cruzeiros fantasma — ou navios vazios, por causa da pandemia.

LIVRO DE 1928

CAMINHO DE FERRO DE BENGUELA - LOBITO - A mais curta estrada para a África Central


Livro de apresentação do CFB (Caminho de Ferro de Benguela) e do território que o mesmo percorre, nomeadamente desde o Lobito à fronteira zâmbiana. Com realce para as condições técnicas e de equipamentos da altura e da importância económica para a zona de África que o mesmo servia. Com extraordinárias fotografias e bonitas ilustrações.

Uma raridade com mais de cem anos.

SUGESTÃO DE LEITURA

A Redondeza da Terra e Outras Histórias da Ciência e da Cartografia


Este livro, baseado na série Histórias da Ciência divulgada no PÚBLICO em 2018, procura despertar o interesse de toda a gente para aspectos da história da ciência normalmente ausentes da literatura especializada. Uma característica partilhada pela maioria dos episódios aqui contados é referirem-se a actividades praticadas por pessoas anónimas ou pouco conhecidas, por vezes até iletradas, em áreas tão diversas como a navegação, a cartografia, a medicina e a história natural.

FAFE, PORTUGAL

Museu das Migrações e das Comunidades


O Museu das Migrações e das Comunidades foi criado em 12 de Julho de 2001 por deliberação da Câmara Municipal de Fafe, como plataforma virtual, com a designação de Museu da Emigração e das Comunidades. Inscreve as suas finalidades na perspectiva do conhecimento dos movimentos migratórios e, em especial, da emigração portuguesa, detendo-se particularmente na emigração para o Brasil do século XIX e na emigração para os países europeus da segunda metade do século XX.

SUGESTÃO DE LEITURA

Monstros marinhos, ou a história ignorada dos Descobrimentos


Eram marinheiros, missionários, exploradores ao serviço da coroa portuguesa, mas os "monstros marinhos" e prodígios da natureza que viram no Atlântico e no Novo Mundo marcaram-nos. Muitos deles foram os primeiros a descrever animais e plantas que só muito mais tarde viriam a ser "descobertos" pelos naturalistas de Oitocentos. Mas esses relatos, do século XV ao XVIII, escritos na maioria em português e em muitos casos nunca publicados, quase não chegaram ao conhecimento dos intelectuais europeus da época. E assim permaneceram até hoje.

É essa proto-história das ciências naturalistas em português que a bióloga e historiadora Cristina Brito está a redescobrir, em relatos antigos de monstros marinhos, sereias, manatins e outros prodígios, que foi desencantar nos arquivos e quer dar a conhecer ao público e aos outros investigadores.

PÁGINAS DA HISTÓRIA

O «homo viator» e a dimensão simbólica da viagem


Segundo Paulo Lopes, mestre em História Medieval, “o universo que envolve os livros de viagens medievais dá bem a ver como o homem medievo é essencialmente um homo viator. Um homem cujo imaginário é ao longo dos séculos cada vez mais preenchido pela dimensão simbólica da viagem e dos espaços longínquos a ela associados. Um homem que anda sempre e vê sempre, seja pelos caminhos físicos do espaço que percorre, seja pelos caminhos iniciáticos que conduzem à salvação da sua alma.”
 

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

O Medo do Mar


Para o homem europeu, o oceano era um lugar perturbador, onde o reino da água excluía a vida humana. O homem podia percorrer os rios, navegar nos mares interiores, mas quando as águas se estendiam a perder de vista, até distâncias completamente desconhecidas, como o caso do oceano Atlântico, então o mar transformava-se no reino de todos os monstros.

Vida em Marte ligada às salinas de Aveiro


Um cientista português que lidera uma unidade de astrobiologia em Macau disse à Lusa que está envolvido em projetos para descobrir vida em Marte, uma missão com paragens previstas em Cabo Verde e nas salinas de Aveiro.

“Temos atualmente saídas de campo, recolhas de amostras programadas para cabo verde, interior da china, salinas em Aveiro, salinas que existem no interior de Espanha, porque todas elas têm condições que são extremamente interessantes e bastante úteis para o estudo de Marte”, salientou o responsável pela unidade de astrobiologia do Laboratório de Referência do Estado para a Ciência Lunar e Planetária da MUST.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família

Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade e Termos de Utilização